Custos Para Servir E Rentabilidade De Clientes Em Uma Empresa De Desenvolvimento De Softwares

Fabiana Frigo Souza, João Victor Krummenacher Marçal, Valdirene Gasparetto

Resumo


Este estudo teve como objetivo verificar como a análise de custos para servir (cost-to-serve) pode contribuir para a identificação da rentabilidade de clientes de uma empresa de desenvolvimento de softwares para empresas contábeis. Realizou-se pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, por meio de estudo de caso, no qual as informações foram coletadas mediante acesso aos bancos de dados da organização e conversa com os colaboradores. A empresa, com cerca de 150 colaboradores nas atividades corporativas e da matriz e possui três Linhas de sistemas: Linha V, produto maduro - principal produto da empresa; Linha U - mais recente e ainda em desenvolvimento; e Linha W - complementar às demais. Constatou-se que aproximadamente 80% dos clientes da Linha V, atendidos pela matriz, são considerados lucrativos, enquanto os demais 20% são clientes não lucrativos, considerando o alto nível de serviço que exigem ou preços que são praticados pela empresa para estes clientes. Identificou-se que 40% dos clientes, os mais rentáveis, geram 100% do lucro da empresa; os 40% com rentabilidade intermediária geram outros 25%, enquanto os menos rentáveis (ou não rentáveis) consomem os 25%. Assim, a partir dos resultados do estudo, foi possível verificar a contribuição da análise de custos para servir na identificação das diferenças de rentabilidade entre os clientes da organização, possibilitando o desenvolvimento de estratégias em relação as diversos perfis de clientes, definindo ações que visem a melhoria dos resultados da empresa.


Palavras-chave


Gestão estratégica de custos; Custeio baseado em atividades; Custos para servir; Rentabilidade de clientes.

Texto completo:

PDF

Referências


AGRAWAL, S. P.; MEHRA, S.; SIEGEL, P. H. Cost management system: an operational overview. Managerial Finance, v. 24, n. 1, p. 60-78, 1998.

ATKINSON, A. A.; KAPLAN, R. S.; MATSUMURA, E. M.; YOUNG, S. M.. Contabilidade Gerencial: Informação para tomada de decisão e execução da estratégia. São Paulo: Editora Atlas, 2015.

BLOCHER, E. J.; CHEN, K. H.; COKINS, G.; LIN, T. W.. Gestão estratégica de custos. São Paulo: MacGraw-Hill, 2007.

BRAITHWAITE, A.; SAMAKH, E.. The cost-to-serve method. The International Journal of Logistics Management, v. 9, n. 1, p. 69-84, 1998.

CHEA, A. Activity-based costing system in the service sector: A strategic approach for enhancing managerial decision making and competitiveness. International Journal of Business and Management, v. 6, n. 11, p. 3, 2011.

CHRISTOPHER, M.. Logistics and supply chain management: strategies for reducing cost and improving service. London: Financial Times Pitman Publishing, 1992.

COOPER, R.; KAPLAN, R. S. The design of cost management systems: text, cases, and readings. Prentice Hall, 1991.

DALENOGARE, G. E.; NEUENFELDT JR., Á.; SILUK, J. C. M.. Método do custo para

servir ao cliente: um estudo de caso em uma cooperativa de crédito. In: Workshop em Sistemas e Processos Industriais. 2013.

FARIA, A. C. de; BORINELLI, M. L.; MANTOVANI, N.. Análises multidimensionais e o conceito do custo para servir em empresas de serviços logísticos: Uma pesquisa-ação. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 4, n. 9, p. 126-144, 2010.

FERNANDES, M. G.; FARIA, A. C. de; CRISPIM, S. F.; FERNANDES, F. C.. Custo para

servir clientes: uma pesquisa-ação em administração condominial na Baixada Santista (SP).

Enfoque: Reflexão Contábil, v. 33, n. 3, p. 1-19, 2014.

FIGUEIREDO, K. F.; FLEURY, P. F.; WANKE, P.; RODRIGUES, A.. Logística

empresarial: a perspectiva brasileira. São Paulo: Editora Atlas, 2008. 372p.

FREITAS, A.; LOPES, L.; SILVA, D.. Método do Custo para Servir o Cliente como Ferramenta Gerencial: Estudo de Caso em uma Rede Supermercadista. In: XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2012.

GIL, A. C.. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Editora Atlas, v. 5, p. 61, 2002.

GUERREIRO, R.; MERSCHMANN, E. V. V.; BIO, S. R.. Mensuração do custo para servir e análise de rentabilidade de cliente: uma aplicação em indústria de alimentos no Brasil.

Revista de Administração--eletrônica, São Paulo, USP, v. 1, n. 2, 2008.

GUPTA, M.; GALLOWAY, K.. Activity-based costing/management and its implications for operations management. Technovation, v. 23, n. 2, p. 131-138, 2003.

HANSEN, D. R ; MOWEN, M. M. Gestão de custos: contabilidade e controle. São Paulo: Pioneira, 2001.

KAPLAN, R. S. Kanthal (A). Boston, MA: Harvard Business School Case 190-002, 1989.

KAPLAN, R. S.; COOPER, R.. Custo e desempenho: administre seus custos para ser mais competitivo. São Paulo: Editora Futura, 1998.

KAPLAN, R. S.; NARAYANAN, V. G.. Measuring and managing customer profitability. Journal of Cost Management, v. 15, n. 5, p. 5-15, 2001.

MARTINS, E.. Contabilidade de custos. São Paulo: Editora Atlas, 2010. MAUAD, L. G. A.; PAMPLONA, E. O. O Custeio ABC em empresas de serviços:

características observadas na implantação em uma empresa do setor. In: IX Congresso

Brasileiro de Custos. 2002.

MAXIMIANO, A. C. A.. Administração para empreendedores: fundamentos da criação e da gestão de novos negócios. Pearson Prentice Hall, 2006.

MULHERN, F. J. Customer profitability analysis: Measurement, concentration, and research directions. Journal of interactive marketing, v. 13, n. 1, p. 25-40, 1999.

PFEIFER, P. E.; HASKINS, M. E.; CONROY, R. M. Customer life time value, customer profitability, and the treatment of acquisition spending. Journal of Managerial Issues, p. 11- 25, 2005.

RAUPP, F. M.; BEUREN, I. M. Metodologia da pesquisa aplicável às Ciências Sociais. In: BEUREN, I. M. (Org.). Como elaborar trabalhos monográfico em Contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Editora Atlas, 2003.

ROBLES JR., A.; ROBLES, L. T.; FARIA, A. C. de. Custos para servir: uma proposta de aplicação para uma empresa de tintas. Revista Universo Contábil, v. 1, n. 1, p. 71-85, 2005.

SANTANA, A. L. A.; ANDRADE, M. E. M. C. Ensaio sobre Rentabilidade de Clientes: um enfoque setorial. In: XVIII Congresso Brasileiro de Custos-ABC. 2011.

SHANK, J. K.; GOVINDARAJAN, V.. A revolução dos custos: como reinventar e redefinir sua estratégia de custos para vencer em mercados crescentemente competitivos. Elsevier, 1997.

SHIN, J.; SUDHIR, K.; YOON, D. H. When to “fire” customers: Customer cost-based pricing. Management Science, v. 58, n. 5, p. 932-947, 2012.

VAN RAAIJ, E. M.; VERNOOIJ, M. J.; VAN TRIEST, S.. The implementation of customer profitability analysis: A case study. Industrial marketing management, v. 32, n. 7, p. 573- 583, 2003.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.14750

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Fabiana Frigo Souza, João Victor Krummenacher Marçal, Valdirene Gasparetto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.