Dinâmicas e características do uso da bicicleta em África e os impactos da mobilidade não-motorizada no desenvolvimento económico e social

Alexandre Costa Nascimento

Resumo


Estudar as dinâmicas em torno da mobilidade por bicicletas em África é uma forma de se compreender processos socioeconómicos importantes, além de permitir uma observação e análise dos desafios e oportunidades de desenvolvimento em regiões deprimidas, nas quais o veículo de propulsão humana pode significar acesso a serviços essenciais. O presente estudo, através de uma revisão de literatura, apresenta os autores que teorizam e investigam a mobilidade por bicicletas no contexto africano, levando em conta as particularidades históricas, culturais, políticas, geográficas e económicas deste veículo e seus impactes positivos e negativos nas comunidades em que seu uso é frequente, bem como os desafios e barreiras para a massificação de seu uso.

Este estudo busca perceber como a adaptação ao uso da bicicleta pode acontecer visando à resolução de problemas que vão além da questão da mobilidade. Neste percurso, ficam demonstradas quais as dinâmicas que limitam e/ou impedem a difusão e massificação da mobilidade não-motorizada em África. Também é possível conhecer a correlação e os efeitos da interpretação e dos significados simbólicos sobre o uso deste veículo no continente. A conclusão a que se chega é a de que a bicicleta é uma tecnologia de transporte adequada e eficiente e, dadas as condições essenciais, pode ser usada amplamente em África como política pública na promoção do desenvolvimento económico e social.

Palavras-chave


bicicleta; transporte; mobilidade não-motorizada; NMT; África

Texto completo:

PDF

Referências


ACHEBE, Chinua. O mundo se despedaça. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2009.

BRUIJIN, Mirjam De; DIJK, Rijk van; FOEKEN, Dick. Mobile Africa - Changing Patterns of Movement in Africa and beyond. 1. ed. Leiden Boston: Brill, 2001.

BRUSSEL, Mark; ZUIDGEEST, Mark. Cycling in Developing Countries: Context, Challenges and Policy Relevant Research, Chapter 8. In: PARKIN, John (Org.). Transport and Sustainability. Bingley, UK: Emerald Group Publishing Limited, 2012, v. 1, p. 181--216.

BRYCESON, Deborah; HOWE, John; FAHY, Deborah. Rural household transport in Africa: Reducing the burden on women? World Development, v. 21, n. 11, p. 1715--1728, 1993.

BULTERYS, Philip; HUNT, Jonathon. Bicycles in Africa: Disputes over Transportation Development in the Third World and the Imperative for Poor Mobility. 2007.

DEKOSTER, J; SCHOLLAERT, U; EUROPEAN COMMISSION; et al. Cidades para bicicletas, cidades de futuro. Luxemburgo: EUR-OP, 2000.

DIMITRIOU, Harry T.; GAKENHEIMER, Ralph. Urban Transport in the Developing World: A Handbook of Policy and Practice. Cheltenham, UK: Edward Elgar Publishing, 2011.

FITCH, Stephane. Can This Bicycle Save Lives In Africa? Forbes. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2017.

FREEMAN, Peter Nigel. A Decade of Action in Transport: An Evaluation of World Bank Assistance to the Transport Sector, 1995-2005. Washington, DC: The World Bank, 2007. Disponível em: . Acesso em: 26 dez. 2017.

GRIECO, Margaret; TURNER, Jeff; E.A. KWAKYE. Subverting sustainability? Infrastructural and cultural barriers to cycle use in Accra. World Transport Policy and Practice, v. 2, n. 3, p. 18--23, 1996.

GUITINK, Paul; HOLSTE, Susanne; LEBO, Jerry. Non-Motorized Transport: Confronting Poverty Through Affordable Mobility. Transport, v. No. UT-4, n. Transportation, Water and Urban Development Department-World Bank, 1994.

HAMILTON, Richard. Can the Buffalo change Africa's bicycle culture? BBC News, 2012. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2017.

HANLON, Joseph; SMART, Teresa. Há mais bicicletas - mas há desenvolvimento? Maputo: Missanga Ideias & Projectos Lda, 2008.

HEYEN-PERSCHON, Jürgen. Non-Motorised Transport and its socio-economic impact on poor households in Africa. Cost--Benefit Analysis of Bicycle Ownership in Rural Uganda. Results of an Empirical Case Study in Cooperation with FABIO/BSPW (Jinja, Uganda), 2001.

HOBSBAWM, Eric. A era dos impérios: 1875-1914. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

HOBSBAWM, Eric. Tempos interessantes: uma vida no século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

HOOK, Walter. Economic Importance of Nonmotorized Transportation. Transportation Research Record, v. 1487, p. 14--21, 1994.

HOOK, Walter; HOWE, John. A Background Paper to the Task Force on Slum Dwellers of the Millennium Project. 2005.

HOWE, JDGF; BRYCESON, Deborah. Poverty and Urban Transport in East Africa - Review of Research and Dutch Donor Experience. In: Proceedings-Institution of Civil Engineers Municipal Engineer. Durhan, UK: World Bank, 2001, v. 145, p. 267--272.

HOWE, John. Enhancing Nonmotorized Transportation Use in Africa-Changing the Policy. Transportation Research Record, n. 1487, p. 22--26, 1995.

MASHIRI, M; MAPHAKELA, W; CHAKWIZIRA, J; et al. Building a Sustainable Platform for Low-Cost Mobility in South Africa. South Africa, n. 978, p. 15, 2013.

MITOGRAFIAS. Os Diversos Aspectos da Linguagem. (Papo Lendário). Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2018.

OKE, Olufolajimi; BHALLA, Kavi; LOVE, David C.; et al. Tracking global bicycle ownership patterns. Journal of Transport & Health, v. 2, n. 4, p. 490--501, 2015.

PUCHER, John; RALPH BUEHLER. Making Cycling Irresistible: Lessons from the Netherlands, Denmark, and Germany. Transport Reviews, v. 28, n. 4, 2008.

REPLOGIE, Michael. Sustainability: A vital concept for transportation planning and development. Journal of Advanced Transportation, v. 25, n. 1, p. 3--17, 1991.

REPLOGLE, M. A. Transportation strategies for sustainable development. In: Yokohama, Japan: [s.n.], 1989, v. 3. Disponível em: . Acesso em: 5 jun. 2018.

SIBILSKI, Leszek J. Cycling Is Everyone's Business. People, Spaces, Deliberation. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2017.

SIMON, David. Transport and Development in the Third World. London & New York: Routledge, 1996.

SMETHURST, Paul. The Bicycle — Towards a Global History. London: Palgrave Macmillan UK, 2015. Disponível em: . Acesso em: 27 dez. 2017.

SOARES, Eliane Veras; MUTZENBERG, Remo. Entrevista com Alberto da Costa e Silva. Dossiê: Diálogos do Sul, v. 14, n. 1, p. 11--26, 2014.

UN ENVIRONMENT. Global Outlook on Walking and Cycling - Policies & realities from around the world. Nairobi: [s.n.], 2016.

WBR, World Bicycle Relief. Education - a bike can help a child stay in school, investing in their future. WBR. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2018.

WBR, World Bicycle Relief. IMPACT REPORT. World Bicycle Relief: 2017 IMPACT REPORT. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2018.

WORK, George; MALONE, Laurence. Bicycles, Development, and the Third World. Environment, v. Vol. 25, n. 1, p. 44, 1983.

WORLD BANK. DataBank The World Bank. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2018.

WORLD BANK; GWILLIAM, K. M. (Orgs.). Cities on the move: a World Bank urban transport strategy review. Washington, DC: World Bank, 2002.

World Bank Country and Lending Groups -- World Bank Data Help Desk. Disponível em: . Acesso em: 7 ago. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Abe-África: Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos



AbeÁfrica: revista da associação brasileira de estudos africanos, ISSN 2596-0873

 

Indexadores: