A raça como fantasma no século XXI

Alexandre Almeida Marcussi

Resumo


Resenha da edição brasileira do livro "Crítica da razão negra", de Achille Mbembe, publicado em 2018 pela editora n-1 edições.

Palavras-chave


Achille Mbembe; Crítica da razão negra; raça; pensamento social africano

Texto completo:

PDF

Referências


APPIAH, Kwame Anthony. Na casa de meu pai: a África na filosofia da cultura. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

CARVALHO FILHO, Silvio de Almeida; NASCIMENTO, Washington Santos (Org.). Intelectuais das Áfricas. Campinas: Pontes Editores, 2018.

FANON, Frantz. Os condenados da terra. 2ª ed. Trad. José Laurênio de Melo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

MBEMBE, Achille. As formas africanas de auto-inscrição. Estudos Afro-Asiáticos, Rio de Janeiro: Universidade Cândido Mendes, ano 23, n. 1, p. 171-209, 2001.

______. Crítica da razão negra. Trad. Sebastião Nascimento. São Paulo: n-1 edições, 2018.

______. Necropolítica: biopoder, soberania, estado de exceção, política da morte. Arte & Ensaios, Rio de Janeiro: UFRJ, n. 32, p. 122-151, dez. 2016.

______. On the postcolony. Berkeley/Los Angeles: University of California Press, 2001.

MUDIMBE, Valentin-Yves. A invenção de África: gnose, filosofia e a ordem do conhecimento. Luanda/Mangualde (Portugal): Edições Mulemba/Edições Pedago, 2013.

SANTOS, Boaventura de Souza; MENESES, Maria Paula (Org.). Epistemologias do sul. São Paulo: Cortez, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Abe-África: Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos



AbeÁfrica: revista da associação brasileira de estudos africanos, ISSN 2596-0873

 

Indexadores: