Os últimos momentos do colonialismo em Angola: partir ou ficar?

Marilda dos Santos Monteiro das Flores

Resumo


Esse artigo apresenta a problemática da saída de grandes contingentes de colonos, os que foram chamados de retornados, de Angola, no contexto da conquista da independência,  para os mais diferentes destinos, com destaque para Portugal entre os anos de 1974 e 1975. Observa, ainda, os momentos seguintes à Revolução dos Cravos, o 25 de Abril, e os elementos que foram essenciais para o desfecho da Guerra Colonial e para definição dos rumos sociais e políticos para os colonos que residiam nos territórios ocupados no continente africano. Para tanto analisaremos algumas manchetes e artigos do Diário de Lisboa e parte da literatura sobre o retorno.


Palavras-chave


retornados de Angola – movimentos de libertação – Diário de Lisboa

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, Isabel de Sousa Lima Junqueira. Migrantes da Descolonização: Portugueses e Luso-Angolanos no Brasil (1974-1977). Tese de Doutorado apresentada ao PPGH da Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014

BITTENCOURT, Marcelo. “O falar das armas”. Estamos juntos! O MPLA e a luta anticolonial (1961-1974). Tese de doutorado apresentada ao PPGH da Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2002,

BOSSLET, Juliana Cordeiro de Farias. A Cidade e a Guerra: Relações de poder e subversão em São Paulo de Assunção de Luanda (1961-1975), Dissertação de Mestrado apresentada ao PPGH da Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014

CARDOSO, Dulce Maria, O Retorno, Rio de Janeiro, Tinta-da-china Brasil, 2012.

CASTELO, Cláudia, Passagens para a África: o povoamento de Angola e Moçambique com os Naturais da Metrópole (1920-1974). Porto: Edições Afrontamento, 2007

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO DO 25 DE ABRIL, da Universidade de Coimbra. Disponível em: http://www.cd25a.uc.pt/

DACOSTA, Fernando, Os Retornados mudaram Portugal, Lisboa, Ed. Parsifal, 2013

Diário de Lisboa, Disponível em: http://casacomum.org/cc/diario_de_lisboa/mes?ano=1975

FERRAZ, Carlos Vale, Fala-me de África, 2ª Ed. Casa das Letras, Cruz Quebrada, Portugal, 2007

FILHO, Silvio de Almeida Carvalho. “As relações étnicas em Angola: as minorias branca e mestiça (1961-1992)”. Studia Angolana Programa do Tempo Presente (TEMPO) - UFRJ; Programa de Estudos e Debates dos Povos Africanos e Afro-Americanos (PROAFRO) -UERJ, 2007.

FONSECA, Ana Sofia. Angola Terra Prometida, a vida que os portugueses deixaram. Lisboa: A Esfera dos Livros, 2011

GARCIA, Rita, SOS Angola: os dias da ponte aérea. 2.ed. Alfragide / Portugal: Oficina do Livro, 2011

INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA TROPICAL (IICT)/Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, Lisboa, Portugal, identificada pelo nº 27355. Disponível em: http://actd.iict.pt/view/actd:AHUD29812.

MELLO, Arnon de. “Portugal e as colônias da África”. Brasília: Senado Federal, 1974

MENESES, Maria Paula e GOMES, Catarina, Regressos? Os retornados na (des) colonização portuguesa. In: MENESES, Maria Paula e MARTINS, Bruno Sena, As Guerras de Libertação e os Sonhos Coloniais: alianças secretas, mapas imaginados, Centro de Estudos Sociais – Laboratório Associado – Universidade de Coimbra, Edições Almedina, 2013

PIMENTA, Fernando Tavares, Causas do Êxodo das Minorias Brancas da África Portuguesa: Angola e Moçambique (1974/1975), Revista Portuguesa de História, nº. 48, Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017

RODRIGUES, Ricardo J., DUARTE, PENEDOS, Rita, LIMA, Suzana, África Eterna: testemunhos de um tempo que não se esquece, Oficina do Livro, Alfragide, 2013,

SECCO, Lincoln, A Revolução dos Cravos e a crise do império colonial português: economias, espaços e tomadas de consciências, São Paulo, Alameda, 2004


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 AbeÁfrica: Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

AbeÁfrica: revista da associação brasileira de estudos africanos, ISSN 2596-0873

 

Indexadores: