Cooperação Sul-Sul: uma visão sobre as relações Brasil – Angola no campo da Educação Superior (2010 - 2020)

Silviana Fernandes Mariz, Melânia Tomás Baptista de Sousa

Resumo


O presente artigo tem como tema a análise da cooperação entre Brasil e Angolaespecificamente no campo da Educação Superior,entre 2010 e 2020. De modo subjacente, refletimos sobre os contextos históricos e sociais que suscitaram e estreitaram tais relações de colaboração mútua. Nesse sentido, e a partir de pesquisa bibliográfica e de consulta a documentos oficiais disponibilizados nos portais de entidades e programas do governo federal brasileiro e angolano; e, de entrevistas com estudantes angolanos atendidos pelo PEC – G e pela Unilab, no Ceará, analisamos ambas as iniciativas cujos espaços têm se constituído como importantes para o fortalecimento e a instrumentalização das parcerias educacionais, culturais e técnicas entre o Brasil e Angola. O referencial teórico se encontra ancorado nos estudos de MENEZES (2000); JOSÉ (2011); KRAYCHETE et al (2013) e LIBERATO (2012; 2014; 2017; 2019).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 AbeÁfrica: Revista da Associação Brasileira de Estudos Africanos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

AbeÁfrica: revista da associação brasileira de estudos africanos, ISSN 2596-0873

 

Indexadores: