Estética relacional e poder biopolítico

Pedro Caetano Eboli

Resumo


Este artigo tenciona encontrar no espectro de uma fantasia de comunidade a possibilidade de relacionar um conjunto de lógicas que permeia ao mesmo tempo a estética relacional e os mecanismos biopolíticos de governamentalidade, em suas imbricações ao regime neoliberal.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n33.11089

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
 Revista arte e ensaios

e-ISSN: 2448-3