A ecologia da obra de arte ou porque não há metalinguagem na arte

Franck Leibovici

Resumo


Que modos de existência constituiriam uma obra de arte? Formas de vida desvenda os ecossistemas de objetos estabilizados sob o nome de obra de arte em uma investigação coletiva que resulta em um álbum de figurinhas. Narrativas ordinárias, conduzida também coletivamente ao lado do cientista da linguagem Yael Kreplak e do curador Grégory Castéra, trata da vida social e discursiva da obra de arte para além da expo - sição, em conversas mundanas. Elas compõem dois lados de uma mesma pesquisa que tenta dar conta do ponto de vista da obra de arte questionando o conceito de metalinguagem na arte.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.