O dispositivo estético-político em Inside/Out the people's art project

Mariana Rodrigues Pimentel

Resumo


O presente ensaio se propõe a anlisar o projeto Inside/Out project do artista francês JR enquanto um dispositivo propositor de ações estético-políticas, isto é, de uma arte sem artista, onde o que está em jogo é a realização de um dispositivo que interfira nos modos de produção e circulação das imagens de si.

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, W. “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica”. IN: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

COLETIVO 28 DE MAIO. “O que é uma ação estético-política”. In: Vazantes n.01. Fortaleza, 2017. http://www.periodicos.ufc.br/vazantes/article/view/20463. Acesso em: 30/07/2018

DELEUZE, G. Foucault. São Paulo: Editora Brasiliense, 2005.

_________. Conversações. Tradução Peter Pál Pelbart. São Paulo: Editora 34, 2007.

FOUCAULT, Michel. Ditos e escritos, v. II: Arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

_________. “Á propos de la généalogie de l'étique: un aperçu du travial en cours”. IN: Dits et écrits (1980-1988), IV, Paris: Gallimard, 1994, 609-631.

MESQUITA, André. Insurgências Poéticas: arte ativista e ação coletiva. São Paulo: Annablume, 2011.

RANCIERE, J. A partilha do Sensível. São Paulo: Editora 34, 2005.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n37.19133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.