Escombros de todos nós

Dilson Midlej

Resumo


De um texto crítico, ensaístico ou qualquer que seja sua natureza, espera-se clareza e informação. E, se enfocar arte, essa exigência aumenta substancialmente, sobretudo porque em geral nele se busca o entendimento dos sentidos de muitas criações artísticas. E de artistas contemporâneos? o que esperar? Seguramente clareza não seria a resposta correta, ainda que isso logo nos venha à mente. A resposta a essa questão, ou melhor, uma resposta das muitas possíveis, foi dada por Ana Fraga, artista nascida e residente na ensolarada são Félix, no recôncavo da bahia, em individual apresentada na Galeria cañizares, em salvador, de primeiro a 15 de novembro de 2013, intitulada Escombros.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.