Manifesto Quilombola

Diego de Matos Gondim

Resumo


A vida aqui é assumida em sua potência de afirmação enquanto forma de resistência e constituição em oposição aos modos de falsificação e embrutecimento da vida. Assume-se uma escrita antropofágica como expressão do ‘fazimento’ de uma comunidade quilombola no interior do Estado de São Paulo.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, O. Manifesto Antropófago. Revista de Antropofagia, n. 1, p. 3–7, 1928.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil : texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações determinadas pelas Emendas Constitucionais de Revisão nos 1 a 6/94, pelas Emendas Constitucionaisnos 1/92 a 91/2016 e pelo Decreto Legislativo no 186/2008. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2016.

BRASIL. 4.887. . Decreto no 4.887, de 20 de novembro de 2003. , 20 nov. 2003.

BRASIL. Lei No 3.353. . Lei Áurea. , 13 maio 1988.

CORAZZA, S. M.; TADEU, T. Manifesto por um pensamento da diferença em educação. In: CORAZZA, S. M.; TADEU, T. Composições. Belo Horizonte: Autêntica, 2003. p. 9–17.

DELEUZE, G. A imanência: uma vida. Educação & Realidade. v. 27, n. 2, p. 10–18, 2002Tradução Tomaz Tadeu. .

DELEUZE, G. Mille Plateaux: capitalisme et Schizophrénie. Paris: Les Éditions de Minuit, 1980.

DELEUZE, G. Thérie des multiplicités chez Berson. Web Deleuze. [S.l: s.n.]. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2018. , 1969

AUTOR. Título Da Dissertação. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista “Júlio Mesquita Filho” (UNESP), Rio Claro, 2018.

ROLNIK, S. Esquizoanálise e Antropofagia. In: ALLIEZ, É. (Org.). . Gilles Deleuze: uma vida filosófica. São Paulo: Editora 34, 2000. p. 451–462.

SCHHWARTZ, J. (Org.). Literatura Comentada: Oswald de Andrade. 2. ed. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1988.

SILVA, T. T. DA. Identidade e diferença: impertinências. Educação & Sociedade, v. 23, n. 79, p. 65–66, 2002.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n37.22302

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.