Imagens em transformação: produção audiovisual e memória Guarani.

Aline Moschen de Andrade

Resumo


No contexto fenomenológico da produção audiovisual Guarani Mbya, este artigo versa sobre a incorporação do registro por imagem em uma cultura tradicionalmente oral. Ao explicitar as diferenças geracionais nos processos de memória através da performance em vídeo, realiza um estudo etnográfico acerca da difusão online e das mobilizações cosmopolíticas dessa prática.

Texto completo:

PDF

Referências


ABAETÉ. In Ayu Boatxaa. Abaeté, 2018. (3m30s) Disponível em: . Acesso em 16 dez 2018.

BRASIL, André. Mise-en-abyme da cultura: a exposição do “antecampo” em Pi’õnhitsi e Mokoi Tekoá Petei Jeguatá. Significação: São Paulo, v. 40, n. 40, p. 245-267, dez. 2013.

CICCARONE, Celeste. Um povo que caminha: notas sobre movimentações territoriais guarani em tempos históricos e neocoloniais. Vitória: Dimensões, v.26, p.136-151, 2011.

LIENHARDT, Godofrey. Divinity and Experience. Oxford University Press: Oxford, 1978.

FAUSTO, Carlos. Mil años de transformación. La cultura de la tradición entre los kuikuro del Alto Xingu. Por donde hay soplo: estudios amazónicos em los países andinos. Lima: IFEA-CAAP-PUCP, p. 185-216, 2011.

FERRAZ, Ana Lucia. Imagem, visão e cosmovisão entre os Guarani. Rio Grande do Norte: Vivência Revista de Antropologia, v. 50, 2017.

MAHMOOD, Saba. Teoria feminista, agência e sujeito libertatório: algumas reflexões sobre o revivalismo Islâmico no Egipto. Lisboa: Revista Etnográfica, v. 10. 2006.

TURNER, Terence. Imagens desafiantes: a apropriação Kaiapó do vídeo. São Paulo: Revista de Antropologia, v.36, p. 81-121,1993.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Os pronomes cosmológicos e o perspectivismo ameríndio. Rio de Janeiro: Revista Mana, 1996.

WAGNER, Roy. A invenção da cultura. São Paulo: Cosac Naify, 2010.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n38.22316

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.