Ambiguidade relevante: experiência itinerante e documentação visual

Luiz Cláudio da Costa

Resumo


Dividida entre a experiência presencial e a documentação fotográfica, a produção itinerante de Paulo Nazareth articula as contradições subjacentes à arte na contemporaneidade. Arte e não arte, bem como real e ficção, se justapõem e se identificam. Escrevendo histórias, o artista escreve a história com o objetivo de “conhecer a África em minha casa”.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.