NEM TEATRO NEM CINEMA: A PERFORMANCE NO ESPAÇO DE EXCLUSÃO /Nor theatre nor cinema: performance in the exclusion area

Luciano Vinhosa

Resumo


Neste ensaio, a partir do curta-metragem experimental Duelo, de Daniel Santiago, em primeiro lugar nos perguntamos o que aproxima a performance ao mesmo tempo em que a diferencia quando apresentada em circuitos de artes visuais ou de teatro. Em segundo lugar, especulamos sobre as diferenças e aproximações entre a atuação de um ator no cinema e a de um  performer. Nesse percurso foi necessário investigar o que seria uma performance. Ao fim e ao cabo, concluímos que, não sendo nem teatro, nem cinema, Duelo é performance filmada que participa das duas instâncias quando surpreendida em suas regiões de contato.

Palavras-chave: Duelo; Teatro; Cinema; Performance.

 

Abstract


In this essay, starting from the experimental short film Duelo, by Daniel Santiago, we first ask ourselves what approximates and what differentiates performance when it is presented in visual arts and theater circuits. Second, we speculate about the differences and similarities between the performance of an actor in cinema and that of a performer. After all, we conclude that, being neither theater nor cinema, Duelo is filmed performance that participates in both instances.

Keywords: Duelo; Theater; Cinema; Performance.


Texto completo:

PDF

Referências


CLARK, Lygia. Lygia Clark. Rio de Janeiro: Funarte, 1980 (Arte Brasileira Contemporânea).

FÉRAL, Josette. Por uma poética da performatividade: o teatro performativo. Sala Preta, 8, p. 197-210, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867. v8i0p197-210. Acesso em 20-02-2021.

FRIED, Michael. La place du spectateur: esthétique et origines de la peinture moderne. Paris: Gallimard, 1990.

GOFFMAN, Erwin. La mise en scène de la vie quotidienne: la représentation de soi. Paris: Minuit, 1973.

GULLAR, Ferreira. Etapas da arte contemporânea. São Paulo: Nobel, 1985.

HUYSSEN, Andreas. Memórias do modernismo. Rio de Janeiro: UFRJ, 1997.

JUDD, Donald. Objetos específicos. In: FERREIRA, Glória; COTRIM, Cecilia (org.). Escritos de artistas anos 60/70. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

KAPROW, Allan [1959]. O legado de Jackson Pollock. In: FERREIRA, Glória; COTRIM, Cecilia (org.). Escritos de artistas anos 60/70. Rio de Janeiro: Zahar, 2006, p. 37-45.

KRAUSS, Rosalind. Caminhos da escultura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

OLIVEIRA JR., Luiz Carlos. A mise en scène no cinema: do clássico ao cinema de fluxo. Campinas: Papirus, 2013.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível. São Paulo: Editora 34, 2009.

ROSENBERG, Harold. A tradição do novo. São Paulo: Perspectiva, 1974.

VINHOSA, Luciano. Fotoperformance: passos titubeantes de uma linguagem em emancipação. In: VINHOSA, Luciano. Arte e reflexão no silêncio: entre ruminâncias e experiência. Niterói: PPGCA-UFF, 2016, p. 61-78.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n41.16

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 arte e ensaios

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.