Cuidar da vergonha

Manuel Hernández

Resumo


Analisando as experiências coloniais e pós-coloniais na África e no México, o autor
constata que a produção de vergonha tem sido uma forma de dominação dos
povos. A culpa se diferencia da vergonha, e esta última se associa à traição. Nesse
contexto, propõe-se a rememoração das práticas rituais tradicionais como caminho para libertação dos efeitos da vergonha.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 CC Atribuição 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.