“VENDE TELA, COMPRA TERRA” E OUTRAS FORMAS DE ATUAÇÃO POLÍTICA DO MOVIMENTO DOS ARTISTAS HUNI KUIN (MAHKU) / “Sell painting, buy land” and other forms of political action by the Movement of Huni Kuin Artists (MAHKU)

Daniel Dinato

Resumo


Neste artigo explicito algumas formas de atuação política do Movimento dos  Artistas Huni Kuin (MAHKU). Partindo de um evento ocorrido em 2014, a compra por parte do MAHKU de dez hectares de terra no Acre com recursos obtidos com a venda de uma pintura, reflito sobre os caminhos abertos, as conexões possibilitadas e a agência causada pelas imagens-pontes produzidas pelo coletivo no contato entre mundos.

Palavras-chave: Imagens-pontes; Movimento dos Artistas Huni Kuin; arte indígena contemporânea. 

Abstract


In this article I explain some forms of political action by the Huni Kuin Artists Movement (MAHKU). Based on an event that took place in 2014, MAHKU bought ten hectares of land in Acre with funds obtained from the sale of a painting, I will reflect on the open paths, the connections made possible and the agency caused by the bridge-images produced by the collective in the contact in-between-worlds.

Keywords: Bridge-images; Movement of Huni Kuin Artists; contemporary indigenous art. 


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Thiago Santos de. Desnutrição infantil no município de maior risco nutricional do Brasil: Jordão, Acre, Amazônia Ocidental (2005-2012). Tese (Doutorado em Epidemiologia) − Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. doi:10.11606/T.6.2017.tde-26072017-112844. Acesso em: 13 jul. 2020.

ARAMBURU, Mikel. Aviamento, modernidade e pós-modernidade no interior amazônico. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 9, n. 25, p. 82-99, 1994.

CESARINO, Pedro. De duplos e estereoscópios: paralelismo e personificação nos cantos xamanísticos ameríndios. Mana, v. 12, n. 1, p. 105-134, 2006.

COMISSÃO PRÓ-ÍNDIO DO ACRE. Huni meka − cantos do nixi pae. 1. ed. Rio Branco: CPI/AC, 2007. 57p. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Livro_Huni_Meka.pdf. Acesso em: 23 fev. 2018.

DINATO, Daniel. Os caminhos do MAHKU (Movimento dos Artistas Huni Kuin). Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) − Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

ESBELL, J. As vozes dos artistas #2: cantos tikmũ’ũn. 2020. Disponível em: https://www.facebook.com/bienalsaopaulo/videos/399100317809611. Acesso em 23 fev. 2018.

GELL, Alfred. A tecnologia do encanto e o encanto da tecnologia. Concinnitas, Rio de Janeiro, v. 1, n. 8, p. 40-63, 2005.

IBÃ, Isaias Sales. Huni Meka, os cantos do cipó. Rio Branco: Iphan/CPI. 2007. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Livro_Huni_Meka.pdf. Acesso em: 23 fev. 2018.

IBÃ, Isaias Sales. Nixi pae, o espírito da floresta. Rio Branco: CPI/Opiac, 2006.

IGLESIAS, Marcelo Manuel Piedrafita. Os Kaxinawá de Felizardo: correrias, trabalho e civilização no Alto Juruá. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

IGLESIAS, Marcelo Manuel Piedrafita. Ocupando e comprando para construir o território: estratégias Kaxinawá para o reconhecimento e a regularização de novas terras indígenas no Município de Jordão, Estado do Acre. In: XXVII Encontro Anual da Anpocs. GT Povos Indígenas. Caxambu, MG, Anais..., 2003. Disponível em: https://www.anpocs.com/index.php/papers-27-encontro-2/gt-24/gt15-20/4243-miglesias-ocupando/file. Acesso em jul. 2020.

KEIFENHEIM, Barbara. Nixi pae como participação sensível no princípio de transformação da criação primordial entre os índios Kaxinawá no leste do Peru. In: LABATE, Beatriz Caiuby; ARAÚJO, Wladimyr Sena (org.). O uso ritual da ayahuasca. Campinas: Mercado das Letras, p. 95-125, 2002.

KEIFENHEIM, Barbara. “Nawa”: un concept clé de l’altérité chez les Pano. Journal de la Société des Américanistes, 76, p. 79-94, 1990.

KRENAK, Ailton. “Somos índios, resistimos há 500 anos. Fico preocupado é se os brancos vão resistir”. Entrevista ao jornal Expresso, Portugal, 19/10/2018.

LAGROU, Els. Anaconda-becoming: Huni Kuin image-songs, an Amerindian relational aesthetics. Horizontes Antropológicos, n. 51, p. 17-49, 2018a.

LAGROU, Els. Copernicus in the Amazon: ontological turnings from the perspective of Amerindian ethnologies. Sociologia & Antropologia, v. 8, n. 1, p. 133-167, 2018b.

LAGROU, Els. A fluidez da forma. Arte, alteridade e agência em uma sociedade Amazônica (Kaxinawa, Acre). Rio de Janeiro: Editora Topbooks, 2007.

MAHKU. Estatuto social da associação Movimento dos Artistas Huni Kuin. Tarauacá, 2013.

MAHKU. Nixi-pae. Descrição do MAHKU. c. 2011. Disponível em: http://nixi-pae.blogspot.com/. Acesso em: 4 ago. 2020.

OLIVEIRA, Alice Haibara de. ‘Já me transformei’: modos de circulação e transformação de pessoas e saberes entre os Huni Kuin (Kaxinawá). Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) − Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

PAZ, Octavio. La mirada anterior. Prólogo. In: CASTAÑEDA, Carlos. Las enseñanzas de Don Juan: una forma Yaqui de conocimiento. 3 ed. Ciudad de México/Buenos Aires: Editorial Fondo de Cultura Económica, 2013.

RICKARD, Jolene. Sovereignty: A line in the sand. In: ROALF, Peggy (ed.). Strong hearts: native American visions and voices. New York: Aperture, 1995.

SAEZ, Oscar Calavia. Nawa, Inawa. Ilha Revista de Antropologia, v. 4, n. 1, p. 35-57, 2002.

SHAPIRO, Roberta; HEINICH, Nathalie. Quando há artificação? Sociedade e Estado, Brasília, v. 28, n. 1, p. 14-28, abr. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_art-text&pid=S0102-69922013000100002&lng=pt&nrm=iso e https://doi.org/10.1590/S0102-69922013000100002. Acesso em: 14 jul. 2020.

TOWSEND-GAULT, Charlotte. Kinds of knowing. In: NEMIROFF, Diana; HOULE, Robert; TOWNSEND-GAULT, Charlotte. Land, Spirit, Power: First Nations at the National Gallery of Canada. Ottawa: National Gallery of Canada, 1992 (exhibition catalogue).

VIEIRA, Douglas. O negócio é comprar. Revista Trip, 276, São Paulo, 2018.

VIZENOR, Gerald Robert. Manifest manners: narratives on postindian survivance. Lincoln: University of Nebraska Press, 1999.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Os pronomes cosmológicos e o perspectivismo ameríndio. Mana, v. 2, n. 2, p. 115-144, 1996.

ZOPPI, Miranda. Os Huni Kuin na política dos Brancos: eleições, missão e chefia. Mana, v. 25, n. 2, p. 551-586, 2019.




DOI: https://doi.org/10.37235/ae.n41.4

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 arte e ensaios

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.