Caracterização Mineralógica do Rejeito da Mineração de Chumbo em Boquira, Estado da Bahia, Brasil

Felipe Emerson André Alves, Luiz Carlos Bertolino, Julio Cezar Mendes

Abstract


No município de Boquira, interior do Estado da Bahia, funcionou durante aproximadamente 30 anos uma mineração de chumbo. O rejeito do processo de beneficiamento do minério foi depositado de forma inadequada próximo à cidade, e lá permanece até hoje. Este estudo tem como principal objetivo investigar a presença de chumbo em amostras do resíduo presente na antiga bacia de rejeito e identificar as fases minerais carreadoras desse elemento. Foram coletadas sete amostras em diferentes pontos da antiga bacia de rejeito e no seu entorno próximo à cidade. As amostras foram caracterizadas através de difratometria de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV/EDS) e análise química por fluorescência de raios X (FRX). As análises químicas indicaram a presença de chumbo em todas as amostras analisadas e revelaram que o elemento se encontra concentrado nas frações de granulometria fina. Os resultados obtidos por difração de raios X mostram que o chumbo ocorre principalmente nas estruturas de anglesita, cerussita, galena, fosfohedifano e piromorfita. A partir das análises por MEV/EDS foi possível constatar que os principais minerais carreadores de chumbo se encontram em avançado estágio de intemperismo, eventualmente alterando para óxido de chumbo. A disposição inadequada desse tipo de rejeito pode vir a implicar em condições favoráveis para a liberação do chumbo da estrutura de seus minerais carreadores e consequentemente colocar em risco o meio ambiente e a população que vive no entorno da bacia de rejeitos.

Keywords


Mineração; Rejeito; Boquira



DOI: https://doi.org/10.11137/2017_3_14_23

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.