Comparação entre os Índices de Qualidade de Água Cetesb e Bascarán

Juliana Magalhães Menezes, Hullysses Sabino, Vinicius Cristo, Rachel Bardy Prado, Luana Alves de Lima, Letícia Briones Di Lullo, Gerson Cardoso da Silva Jr.

Abstract


A água é um bem essencial à vida e para muitas atividades econômicas. Contudo, sua degradação ocorre de forma acelerada, tornando-a inutilizável para os múltiplos usos da sociedade. Os municípios fluminenses de São José de Ubá e Itaperuna abrigam a bacia hidrográfica do rio São Domingos (BHRSD) no Rio de Janeiro, que apresenta elevados índices de desflorestamento, presença extensiva de agropecuária, centros urbanos com baixos índices de saneamento básico e intensiva extração de água subterrânea para uso doméstico e irrigação. Diante dessa situação, o presente trabalho tem como objetivo analisar a qualidade da água superficial da BHRSD a partir de dois Índices de Qualidade de Água (IQA): o IQACETESB e o IQABASCARÁN. Para tal, amostras de águas superficiais foram obtidas em 19 pontos da bacia nos anos de 2004 e 2005. Os parâmetros avaliados e utilizados para compor os índices foram: oxigênio dissolvido, coliformes termotolerantes, pH, demanda bioquímica de oxigênio, nitrato, fosfato, turbidez, temperatura, sólidos totais e aspecto visual da água. Os resultados da aplicação dos índices foram espacializados para a área da BHRSD. O índice da Cetesb apresentou resultados mais positivos, na maioria das amostras, a água foi classificada como “Boa”. Enquanto que, pelo índice de Bascarán, a qualidade da água da BHRSD apresentou pior qualidade, com amostras predominantemente classificadas como “Média” e “Ruim” e, em menor número, como “Muito Ruim”. Quando não aplicada a constante K presente no IQABASCARÁN, os resultados desse índice apresentaramse similares ao do IQACETESB. Já quando utilizada esta constante, as classificações foram mais distintas entre os índices. Os resultados gerais mostram que do ano de 2004 para 2005 a qualidade da água piorou. Recomenda-se o IQABASCARÁN para o monitoramento da qualidade da água superficial nesta bacia por descrever mais severamente a qualidade da água, garantindo, assim, maior segurança hídrica à saúde da população.

Keywords


Índice de Qualidade de Água (IQA), Água superficial, Rio de Janeiro



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_1_194_202

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.