Geodésia como Ferramenta de Apoio a Compreensão da Neotectônica do Pantanal: Exemplo na Estação Fluviométrica de Corumbá, Mato Grosso do Sul, Brasil

Antônio Conceição Paranhos Filho, Gustavo Marques e Amorim, Rômulo Machado, José Marcato Junior, Fabricio dos Santos Prol, Jose Renato Silva de Oliveira, Camila Leonardo Mioto

Abstract


Os Sistemas Globais de Navegação por Satélite (GNSS) foram inicialmente projetados para ampliar o nível de cobertura e de precisão de sistemas de navegação, mas dada as aplicações possíveis, pode-se a partir de metodologias específicas se analisarem os mais diferentes fenômenos terrestres, tais como estimar a velocidade e direção das placas tectônicas ou de blocos onde as estações repousam. No presente trabalho se buscou ampliar e derivar aplicações do GNSS, buscando entender melhor a geotectônica regional da Bacia Sedimentar do Pantanal. Neste sentido, modelou-se a combinação de dados de velocidade de estações GNSS do SIRGAS (Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas) com dados da superfície da lâmina d’água em épocas de cheia e seca. A partir dos resultados obtidos, pode-se concluir que a variação no volume e peso da água durante as épocas de cheia e de seca se refletem na posição da régua de altura situada em Corumbá-MS. Este volume de água, além de promover a reativação de estruturas tectônicas, exerce efeito lubrificante nas falhas e fraturas regionais, podendo agir como facilitadora ou indutora de sismos regionais.

Keywords


GNSS; Tectônica; Sismicidade



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_3_16_23

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate

ISSN 0101-9759 e-ISSN 1982-3908