Revisitando a Equação do Desenvolvimento de Sutcliffe

Vitor Hugo de Almeida Marrafon, Michelle Simões Reboita

Abstract


Este estudo apresenta uma revisão da interpretação dos termos da equação de Sutcliffe e sua contribuição na previsão de sistemas de baixa e alta pressão em latitudes médias. Para tanto, é realizado o estudo de um ciclone extratropical que esteve associado a uma onda de frio no Brasil. O ciclone teve gênese no dia 15 de julho de 2017 entre a costa do Uruguai e da Argentina. Um intenso gradiente horizontal de temperatura do ar na superfície e advecção horizontal de vorticidade absoluta ciclônica em 500 hPa contribuíram para a formação do centro de baixa pressão em superfície. Já a advecção horizontal de vorticidade absoluta ciclônica, de acordo com a equação de Sutcliffe, foi importante para a manutenção do sistema e, quando associada com a advecção horizontal de temperatura do ar, controlaram o deslocamento do ciclone em superfície.

Keywords


Ciclone extratropical; Análise sinótica; Equação de Sutcliffe.



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_3_614_629

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexers and Bibliographic DatabasesFollow us
SCImago Journal & Country Rank
ISSN
ROAD
Clarivate
Diadorim
DOAJ
DRJI
GeoRef
Google Scholar
Latindex
REDIB
Twitter
Facebook
All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International Public License (CC BY-NC 4.0).