Avaliação das Concentrações de Material Particulado e de Dióxido de Enxofre Registradas na Cidade do Rio de Janeiro entre os Anos de 2000 – 2006 e 2010 – 2014

Rodrigo Mello, Josiane Loyola da Silva, Luiz Francisco Pires Guimarães Maia

Abstract


O monitoramento da qualidade do ar tornou-se algo essencial nos grandes centros urbanos do mundo, devido as emissões, tanto de fontes fixas quanto de fontes móveis. No caso do Rio de Janeiro, o maior problema está associado às fontes móveis, devido a composição dos combustíveis, tecnologias dos motores e a idade da frota circulante na cidade. Uma das grandes dificuldades encontradas está relacionada aos dados de inventários de fontes não atualizadas que contribuiriam para melhores avaliações. Assim, este trabalho buscou por meio de análises estatísticas e das concentrações médias de Material Particulado (MP10) e de Dióxido de Enxofre (SO2) registrados nas Estações Centro, São Cristóvão e Tijuca no período entre 2000 – 2006 e 2010 – 2014 compreender a qualidade destes dados, e assim correlacionar estes fatos com as atualizações nas tecnologias dos combustíveis e veículos que circulam na cidade. Os resultados apontam que houve ao longo do período de tempo uma certa diminuição nas concentrações dos poluentes estudados. Porém destacamos o Dióxido de Enxofre que apresentou uma redução em cerca de 40% em sua média anual, possivelmente pelas melhorias implementadas nos combustíveis.

Keywords


Material particulado; Dióxido de enxofre; Rio de Janeiro; Qualidade do ar



DOI: https://doi.org/10.11137/2018_3_672_679

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate

ISSN 0101-9759 e-ISSN 1982-3908