Contabilização de Equações de Intensidade-Duração-Frequência Disponíveis no Brasil

Éverton Costa Dias, Giovanni Chaves Penner

Abstract


Neste estudo buscou-se revisar trabalhos científicos que almejaram a determinação de equações de chuvas intensas para diferentes localidades do país, identificando os principais métodos utilizados para tal. Para tanto efetuou-se um levantamento bibliográfico de cunho descritivo e exploratório, utilizando-se de três bases de dados bastante conhecidas no meio acadêmico: Scientific Electronic Library Online (SciELO), Directory of Open Access Journals (DOAJ) e SCOPUS. A partir das buscas realizadas obteve-se o registro de 39 artigos científicos publicados em 17 diferentes periódicos, desde 1998 até 2018, sendo que destes, 17 obtêm os seus dados de precipitação por meio de pluviógrafos e 22 possuem dados obtidos por meio de pluviômetros. Pelo exposto, há necessidade de investimentos em estruturas básicas que façam o registro contínuo das precipitações para que seja possível estudos mais detalhados e comparativos.

Keywords


Revisão bibliográfica; Equações IDF; Chuvas intensas



DOI: https://doi.org/10.11137/2019_1_209_216

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexers and Bibliographic DatabasesFollow us
SCImago Journal & Country Rank
ISSN
ROAD
Clarivate
Diadorim
DOAJ
DRJI
GeoRef
Google Scholar
Latindex
REDIB
Oasisbr
Twitter
Instagram
Facebook
All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International Public License (CC BY-NC 4.0).