Desafios para a Avaliação de Locais de Interesse Geológico em Áreas Urbanizadas: Baixada Santista, Litoral do Estado de São Paulo

Debora Silva Queiroz, Maria da Glória Motta Garcia, Eliane Aparecida Del Lama

Abstract


Os elementos da geodiversidade são passíveis de ameaças, muitas vezes relacionadas às interferências antrópicas. A expansão urbana, particularmente, tem elevado os impactos causados à geodiversidade e resulta na perda de locais de interesse geológicos importantes. Os municípios de Santos, São Vicente e Cubatão possuem importantes registros do passado e da história evolutiva da região, contudo é uma área densamente urbanizada, e tais locais não são levados em consideração nos planos de ordenamento do território. Neste contexto, fez-se o inventário e a avaliação quantitativa dos locais de interesse geológico. Seis geossítios e três sítios da geodiversidade foram definidos, os quais representam a história geológica da região no período do Neoproterozoico ao Quaternário. Verificou-se que a urbanização afetou diretamente os locais de interesse geológico, provocando perda de elementos da geodiversidade, sendo que tais locais devem ser preservados e levados em consideração ao realizar intervenções na região.

Keywords


Patrimônio geológico; Urbanização; Baixada Santista



DOI: https://doi.org/10.11137/2019_3_129_144

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexers and Bibliographic DatabasesFollow us
SCImago Journal & Country Rank
ISSN
ROAD
Clarivate
Diadorim
DOAJ
DRJI
GeoRef
Google Scholar
Latindex
REDIB
Oasisbr
Twitter
Instagram
Facebook
All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International Public License (CC BY-NC 4.0).