Simulação do Rompimento Hipotético da Barragem de Juturnaíba, Localizada no Estado do Rio de Janeiro

Luana da Fonseca Santos, Leonardo Tristão Chargel, Mônica de Aquino Galeano Massera da Hora

Abstract


Para avaliar o comportamento da onda de cheia ao longo do vale de jusante da barragem de Juturnaíba, bem como o alcance da mancha de inundação e da profundidade e velocidade máximas da lâmina d’água, buscou-se simular matematicamente o rompimento hipotético da barragem a partir do software HEC-RAS 5.0.5 e do modelo digital de elevação da área em estudo, na escala 1:25.000. A partir dos resultados dos cenários simulados, observou-se que a mancha de inundação se espraiou ao longo da planície do rio São João, com um alcance de 30 quilômetros, e, ainda que com velocidade pouco expressiva em parte de seu trajeto, a lâmina d’água atingiu áreas rurais de assentamentos, fazendas e agroindústrias e áreas urbanas dos municípios de Casimiro de Abreu, Cabo Frio e Rio das Ostras, além de áreas ambientalmente protegidas como a Rebio Poço das Antas e a APA São João/Mico-Leão-Dourado. Ressalta-se que apesar do caráter preliminar do estudo e da simulação realizada, em virtude das simplificações adotadas, os resultados encontrados podem auxiliar na composição de cenários e servir como ponto de partida para a elaboração do Plano de Ação Emergencial da barragem, bem como auxiliar as Defesas Civis, dos municípios envoltórios à região do entorno do barramento, no planejamento de ações de emergência.

Keywords


Onda de cheia; Plano de Ação Emergencial; Defesa Civil



DOI: https://doi.org/10.11137/2019_3_299_310

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

SCImago Journal & Country Rank
Associado Diadorim Associado Latindex ROAD ISSN REDIB ISSN Google Acadêmico DRJI DOAJ GeoRef Clarivate