Avaliação Multitemporal da Cobertura do Solo da Bacia Hidrográfica do Rio Mororó em Jaru, Rondônia

Paulo Cézar de Santana, Caio Henrique Patrício Pagani, Adriano Reis Prazeres Mascarenhas

Abstract


Na Amazônia, com o incentivo de programas de colonização ocorreram danos aos recursos ambientais de forma extensa e diversa, com destaque aos municípios do estado de Rondônia, onde a BR-364 proporcionou maior influência socioambiental. Objetivou-se com o presente trabalho caracterizar a bacia hidrográfica do rio Mororó na cidade de Jaru - RO quanto ao uso e ocupação do solo entre os anos de 1975 e 2018. A bacia hidrográfica do rio Mororó, passou por vários processos de alteração da sua cobertura vegetal desde a década de 1970 início da colonização da região. Essas alterações promoveram a perda de floresta de 66,94%, acarretando vários problemas de perda da quantidade e qualidade da água, assoreamento dos rios entre outros. A análise multitemporal de cobertura do solo verificou-se o grande índice de desmatamento na região da bacia desde a colonização (1975) até recentemente (2018) e assim reduzindo a qualidade ambiental dos recursos naturais desse local.

Keywords


Geotecnologias; Desmatamento; Amazônia

References


Alvares, C.A.; Stape, J.L.; Sentelhas, P.C.; Gonçalves, J.L.M.&

Sparovek, G. 2013. Köppen’s climate classification

map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22(6):

-728.

Brasil. 1966. Lei nº 5.173, de 27 de outubro de 1966. Dispõe

sobre o Plano de Valorização Econômica da Amazônia. Disponível em: . Acesso em: 14 jan.2019.

Brasil. 1981. Decreto n.86.029, de maio de 1981. Dispõe sobre a criação do Programa Integrado de Desenvolvimento do Noroeste do Brasil (POLONOROESTE). Disponível em:

legin/fed/decret/1980-1987/decreto-86029-27-maio-

-1981-435354-publicacaooriginal-1-pe.html.>. Acesso em: 22 dez.2018.

Brasil. 2012. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa. Disponível em:

< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-

/2012/Lei/L12651.htm>. Acesso em: 22

dez.2018.

Brasil. 2018. Cadastro Ambiental Rural (CAR). Base de dados

do município de Jaru. Disponível em:

car.gov.br/publico/municipios/downloads>. Acesso

em: 22 dez.2018.

CPRM. 2017. Serviço Geológico do Brasil. Avaliação de áreas

sugeridas para implantação de aterro sanitário, município de Jaru: parecer técnico. Disponível em: < http://

rigeo.cprm.gov.br/xmlui/handle/doc/17647 >. Acesso

em: 14 jan.2019.

CPRM. 2018. Serviço Geológico do Brasil. Base cartográfica

do estado de Rondônia. Disponível em: . Acesso em: 22 dez.2018

ESRI. 2018. Environmental Systems Research Institute. ArcGIS Desktop, version 10.6.1. Disponível em:

www.desktop.arcgis.com/en/arcmap/latest/get-started/setup/arcgis-desktop-quick-start-guide.htm>.

Acesso em: 01 jul.2018.

IBGE. 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Manuais Técnicos de Geociências: Manual de uso da terra. Rio de Janeiro, IBGE, 171p.

IBGE. 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Banco de dados georreferenciados dos recursos naturais da Amazônia legal. Disponível em:

downloads.ibge.gov.br/downloads_geociencias.htm>.

Acesso em: 01 jul.2017.

INPE. 1975. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem do Satélite LANDSAT 2, (Land Remote Sensing

Satellite) sensor MSS (Multispectral Scanner System) bandas 4,5,6,7. Órbita/Ponto 248/67 de 24 julho

de 1975. Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/

CDSR/>. Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 1980. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem

do Satélite LANDSAT 3 (Land Remote Sensing Satellite) MSS (Multispectral Scanner System) bandas

,5,6,7. Orbita/Ponto 248/67 de 18 junho de 1980.

Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/CDSR/>.

Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 1985. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem do Satélite LANDSAT 5 (Land Remote Sensing

Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas 1, 2,

, 4, 5 e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 22 julho 1985. Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/CDSR/>. Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 1990. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem

do Satélite LANDSAT 5 (Land Remote Sensing Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas 1, 2, 3, 4,

e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 18 de junho de 1990.

Disponível em: .

Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 1995. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem do Satélite LANDSAT 5 (Land Remote Sensing Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas

, 2, 3, 4, 5 e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 31 de maio

de 1995. Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/

CDSR/>. Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 2000. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem

do Satélite LANDSAT 5 (Land Remote Sensing Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas 1, 2, 3,

, 5 e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 17 de julho de 2000.

Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/CDSR/>.

Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 2005. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem

do Satélite LANDSAT 5(Land Remote Sensing Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas 1, 2, 3, 4,

e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 11 de junho de 2005.

Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/CDSR/>.

Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 2010. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.Imagem

do Satélite LANDSAT 5(Land Remote Sensing Satellite) sensor TM (Thematic Mapper) bandas 1, 2, 3, 4,

e 7. Órbita/Ponto 231/67 de 25 junho 2010. Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/CDSR/>. Acesso

em: 02 set.2017.

INPE. 2015. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.Imagem

do Satélite LANDSAT 8 (Land Remote Sensing Satellite) sensor OLI (Operational Land Imager) e TIRS

(Thermal Infrared Sensor). Órbita/Ponto 231/67 de 23

junho 2015. Disponível em: < http://www.dgi.Inpe.br/

CDSR/>. Acesso em: 02 set.2017.

INPE. 2018a. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Prodes- Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira

por Satélite: Base de dados de desmatamento da Amazônia. Disponível em:

assuntos/programas/amazonia/prodes>. Acesso em 28

novembro 2018.

INPE. 2018b. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Imagem do Satélite LANDSAT 8 (Land Remote Sensing Satellite) sensor OLI (Operational Land Imager) e

TIRS (Thermal Infrared Sensor). Órbita/Ponto 231/67

de 27 julho 2018. Disponível em: < http://www.dgi.

Inpe.br/CDSR/>. Acesso em: 02 set.2017.

Moura, V.; Rossel, E.C.F. & Mascarenhas, A.R.P. 2017. Análise

fitossociológica de uma floresta ombrófila aberta em

diferentes modelos de colonização da Amazônia. Nativa, 5(2):118-126.

Nascimento, C.P. 2010. O processo de ocupação e urbanização

de Rondônia: uma análise das transformações sociais

e espaciais. Revista de Geografia, 27(2): 53-69.

Neto, T.O. & Nogueira, R.J.B. 2017. A geopolítica rodoviária

no Noroeste: a vertebração da BR-364. Revista de

Geopolítica, Edição especial: 48-62.

Pagani, C.H.P. & Maniesi, V. 2018.Reflexos do Modelo de Colonização na Vegetação na Área Urbana da Cidade de

Jaru - Rondônia. Anuário do Instituto de Geociências

- UFRJ, 41(2): 95-103.

Pagani, C.H.P. & Mascarenhas, A.R.P. 2018.Impactos de pequenas centrais hidrelétricas em sub-bacias do rio Branco

em Rondônia, Amazônia Ocidental, Brasil. Revista

Geográfica Venezolana, 59(2): 382-396.

Pagani, C.H.P. 2017. Dinâmica e consequências da distribuição

da cobertura vegetal natural e dos corpos hídricos de

Jaru/RO. Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Universidade

Federal de Rondônia, Dissertação de Mestrado, 90p.

Peruzzo, J.S.; Pereira, M.C.S.; Silva, L.D.R., Oliveira, B.S. &

Silvino, G.S. 2019. Sensoriamento remoto aplicado ao

monitoramento ambiental da bacia do Alto Piranhas,

Semiárido Nordestino (Brasil). Revista Brasileira de

Meio Ambiente, 7(3): 28-37.

Rondônia. 1999. Secretaria de Planejamento do Estado de Rondônia. Zoneamento socioeconômico-ecológico do estado de Rondônia e texto explicativo e mapas de geomorfologia, vegetação e solos.1 mapa: 80cm × 120cm.

Escala 1:250.000.

Saito, E.A.; Fonseca, L.M.G.; Escada, M.I.S. & Korting, T.S.

Efeitos da mudança de escala em padrões de

desmatamento na Amazônia. Revista Brasileira de

Cartografia, 63(3): 401-414.

Stachiw, R. 2017. Águas de Rondônia. Rolim de Moura, North

Plataforma, 48p.

Trubiliano, C.A.B. & São Paulo, K. 2016. Apontamentos sobre

dinâmicas de fronteiras e a ocupação recente de Rondônia (1970-1990). Monções, 3(5): 81-97




DOI: https://doi.org/10.11137/2020_2_289_297

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexers and Bibliographic DatabasesFollow us
SCImago Journal & Country Rank
ISSN
ROAD
Clarivate
Diadorim
DOAJ
DRJI
GeoRef
Google Scholar
Latindex
REDIB
Oasisbr
Twitter
Instagram
Facebook
All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International Public License (CC BY-NC 4.0).