Caracterização Hidrogeoquímica e Isotópica do Aquífero Costeiro do Distrito de Tamoios/Cabo Frio–RJ

Luana Alves de Lima, Daniela Vasconcelos Machado, Hullysses Sabino, Juliana Menezes

Abstract


O aquífero costeiro do distrito de Tamoios- Cabo Frio/RJ ocorre em uma região de contínuo crescimento urbano provocado pelo turismo e pela influência da indústria petrolífera. O Distrito de Tamoios contem uma região homogênea de aquíferos costeiros limitados pelo Rio São João ao Norte e o Rio uma ao sul. Carente de políticas públicas de saneamento e abastecimento, a captação de água subterrânea por poços é recorrente na região. Utilizando isótopos estáveis ambientais (δ18O e δ2H), análise físico-química e química da água subterrânea e superficial da região, foi possível determinar a qualidade das águas, possíveis fontes de salinização e de recarga. Os resultados indicam que as assinaturas hidroquímicas das águas subterrâneas são semelhantes entre si sendo o tipo hidroquímico predominante bicabornatada – cálcica, enquanto que a amostras dos rios Una e São João apresentaram tipo cloretada - sódica com forte influência da composição marinha devido à proximidade com a foz. A composição isotópica demonstrou que as águas subterrâneas apresentam coeficiente angular semelhante à água da chuva enquanto que as águas superficiais denotam enriquecimento dos isótopos pesados influenciado por processos evaporativos. Dessa forma as águas subterrâneas do distrito de Tamoios apresentam composição típica de água doce continental e de trânsito rápido com recarga direta da precipitação. Os dados obtidos neste trabalho
poderão ser utilizados no auxílio a gestão de avaliação e monitoramento da água subterrânea do distrito de Tamoios.


Keywords


Aquífero costeiro; Isótopos estáveis ambientais; Água subterrânea

References


Almeida, G.M. & Silva Júnior., G.C. 2007. Fatores hidrogeológicos no estudo da intrusão salina em aquíferos costeiros da região litorânea do município de Maricá – RJ. Anuário do Instituto de Geociências, 30(2): 104-117.

Avignon. 2019. Laboratoire d'Hydrogéologie d'Avignon – Logiciels. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2019.

Brasil. 2019. Royalties. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

Carvalho Filho, A. 2000. Os Solos do Estado do Rio de Janeiro. Brasília: CPRM. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2018.

Coe, H.H.G.; Carvalho, C.N.; Souza, L.O.F. & Soares, A. 2007. Peculiaridades Ecológicas da Região de Cabo Frio, RJ. Revista de Tamoios, julho/dezembro, ano IV, n° 2.

CPRM – GEOSGB. Sistema de Geociências do Serviço Geológico do Brasil. Disponível em: . Acessoem:23 set. 2019.

Craig, H. 1961. Isotopic variations in meteoric waters. Science, 133(3465): 1702–1703.

Deutsch, W.J. 1997. Groundwater Geochemistry. New York, Lewis, 214 p.

Feitosa, F.A.C. & Filho, J.M. (Coord.). 2000. Hidrogeologia: conceitos e aplicações. 2. ed., Fortaleza,CPRM/REFO, LABHID-UFPE, 391p.

Freeze, R.A. & Cherry, J.A. 1979. Groundwater. New Jersey, Prentice Hall, 624p.

Hem, J.D. 1985. Study and Interpretation of the Chemical Characteristics of Natural Water. Washington, United States Geological Survey, 263p.

IBGE. 2010. Instituto Brasileira de Geografia e Estatistica. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2019.

Lima, L.A.; Calonio, L.W & Menezes, J.M. 2012. Mapeamento do Uso e Cobertura do Solo e suas Implicações na Qualidade da Água Subterrânea. Estudo de Caso: Distrito de Tamoios, Cabo-Frio/RJ. Caderno de Estudos Geoambientais, 2(5): 2-13.

Martin, L.; Suguio, K.; Dominguez, J.M.L. & Flexor, J.M. 1997. Geologia do Quaternário Costeiro do litoral norte do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Belo Horizonte, FAPESP /CPRM, 125p.

R Core Team. 2018. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria.

Rosa, F.A.; Almeida, R.M.R. & Tubbs Filho, D. 2012. Avaliação da influência de cavas de areia na intrusão salina em aquíferos costeiros utilizando modelos matemáticos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, 17, Bonito, 2012. Anais, São Paulo, ABAS, p. 1-4.

Sabino, H.; Menezes, J. & Lima, L.A. 2020. Indexing the Groundwater Quality Index for human consumption (GWQIHC) for urban coastal aquifer assessment. Environmental Earth Sciences, 79(8): 167.

Schmitt, R.S. 2001. Orogenia Búzios - Um evento tectonometamórfico cambro-ordoviciano caracterizado no Domínio Tectônico de Cabo Frio, Faixa Ribeira - sudeste do Brasil. Programa de Pós-Graduação em Geologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Tese de Doutorado, 273p.

Silva Júnior, G.C.; Lowsby, M.; Souza, M.G.A.; Rocha, P.F.; Monteiro, A.C. & Almeida, R.R. 2000. A problemática da intrusão marinha nos aquíferos costeiros do leste Fluminense: um estudo de caso - a Região Oceânica de Niterói. In: JOINT WORLD CONGRESS ON GROUNDWATER, 1, Fortaleza, 2000. Artigos, Fortaleza, p. 1-19.

Tapia, A.P.; Almeida, G.M.; Silva Junior, G.C. & Waterloo, M. 2010. Coastal aquifers of Barra de Maricá, Brazil: contamination and saline wedge behavior. In: SALT WATER INTRUSION MEETING, 21, 2010, Açores, Portugal. Resumos do SWIM, Açores, p. 39-42.

Tubbs Filho, D.; Raposo, R.M. & Rosa, F.A. 2012. Hidrogeoquímica das águas subterrâneas do “Aquífero Tamoios” município de Cabo Frio, estado do Rio de Janeiro. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, 17, Bonito, 2012. Anais, São Paulo, ABAS, p. 1-4.

USGS. 2017. United States Geological Survey. 2017. PHREEQC Version 3. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2018.




DOI: https://doi.org/10.11137/2020_4_218_228

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexers and Bibliographic DatabasesFollow us
SCImago Journal & Country Rank
ISSN
ROAD
Clarivate
Diadorim
DOAJ
DRJI
GeoRef
Google Scholar
Latindex
REDIB
Oasisbr
Twitter
Instagram
Facebook
All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International Public License (CC BY-NC 4.0).