Palavras dos editores

Elena Palmero González, Ana Maria Lisboa de Mello, Edson Rosa da Silva, Marcelo Jacques de Moraes

Resumo


No presente volume da Alea, desponta em primeiro plano o Dossiê dedicado aos 150 anos da publicação de Le Spleen de Paris (1869), de Charles Baudelaire. Organizado por dois pesquisadores brasileiros e dois pesquisadores franceses, o conjunto de artigos aborda por vieses diversos a coletânea de “pequenos poemas em prosa” que constituiria um marco singular na poesia da segunda metade do século XIX em sua reivindicação de uma forma nova que desse conta das experiências de transformação do cotidiano impostas pela “vida moderna”. Como dizem os organizadores em sua apresentação do Dossiê, os textos “ratificam a importância de Baudelaire e de seus poemas em prosa para a literatura moderna e testemunham do vigor dos estudos baudelairianos no Brasil como na França”.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR E SILVA, Vítor M. de. Teoria da Literatura. São Paulo: Martins Fortes, 1976.

BAUDELAIRE, Charles. Le Spleen de Paris. In: Oeuvres complètes de Charles Baudelaire. Tome IV. Paris: Michel Lévy, 1869.

WAGNER, Richard. Opera and Drama. Tr. William Ashton Ellis. In Richard Wagner’s Prose Works, vol. 2. London: K. Paul, Trench, Trübner, 1893.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons