Alea: Estudos Neolatinos

 
 
 
 
 
 

Alea: Estudos Neolatinos - Organizada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é uma revista científica com periodicidade quadrimestral, sem fins lucrativos, de aceso aberto, que integra o grupo de revistas científicas brasileiras da Scientific Electronic Library Online - SciELO que aderiram o programa Ciência Aberta, avaliada com Qualis A1 pela CAPES e indexada em SciELO, em Scopus, em Web of Science, entre outros indexadores regionais como Latindex e Redalyc.

Alea: Estudos Neolatinos tem como missão a divulgação de trabalhos de pesquisa originais, de alto impacto científico, provenientes das diversas áreas de produção de conhecimento relacionadas com a grande área de Letras, especificamente, com as Letras Neolatinas, nas áreas de concentração deLiteraturas Hispânicas,Literatura Italiana, Literaturas de Língua Francesa, eoutras literaturas em línguas neolatinas como Português, Romeno, Catalão;GalegoouProvençal, assim como Literaturas Neolatinas produzidas em contato cultural com outros universos linguísticos. Assim, a revista publica estudos críticos e historiográficos de cada universo cultural do âmbito neolatino e, ainda, estudos teóricos, estudos comparados, e estudos da tradução de interesse para a compreensão desse universo, aceitando trabalhos em português, espanhol, francês, italiano e inglês.

Alea: Estudos Neolatinos só admite a submissão de trabalhos inéditos, em meio impressos ou eletrônicos, salvo aqueles disponibilizados como preprint no repositório SciELO, não sendo aceita submissão simultânea, para avaliação, em outro periódico.

Todos os trabalhos adequados ao perfil da revista são submetidos ao processo de Análise de Pares, recebendo a avaliação de pelo menos dois consultores ad hoc (pareceristas), escolhidos entre especialistas da área.

A abreviatura de seu título é Alea, que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

Artigos em Ahead of Print podem ser aqui acessados.

 

v. 24, n. 3 (2022)


Capa da revista