O ESTRANGEIRO DE MAURICE BLANCHOT

Davi Andrade Pimentel

Resumo


Com base na leitura da narrativa “L’idylle”, do escritor francês Maurice Blanchot, este artigo analisa a figura do estrangeiro e as cinco principais características que o definem como aquele ser que vem de fora: a tragicidade de seu destino, a hospitalidade que evoca, a desordem que realiza, o suplício que incita e a morte que finaliza a sua trajetória.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/1517-106X/2021231241259

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons