Bignoniaceae

Ana Paula Ezequiel de Araujo, Monique Britto de Goes, Dorothy Sue Dunn de Araujo, João Rodrigues Miguel, Renata Romanos Barros da Silva

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo realizar o estudo taxonômico das espécies da família Bignoniaceae ocorrentes no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, onde está representada por 9 gêneros e 11 espécies: Adenocalymma marginatum (Cham.) DC., Anemopaegma chamberlaynii (Sims) Bureau & K. Schum., Arrabidaea conjugata (Vell.) Mart., Arrabidaea lasiantha Bureau & K. Schum., Callichlamys latifolia (Rich.) K. Schum., Jacaranda bracteata Bureau & K. Schum., Lundia cordata (Vell.) A. DC., Lundia virginalis DC., Phryganocydia corymbosa (Vent.) Bureau ex K. Schum., Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers e Tabebuia cassinoides (Lam.) DC. São apresentadas descrições e comentários das espécies, chave de identificação e ilustrações.

Palavras-chave


Bignoniaceae; Taxonomia; Restinga; Parque Nacional; Rio de Janeiro

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Arquivos do Museu Nacional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.