O Atol das Rocas, Brasil: análise preliminar da fauna de crustáceos e poliquetas

Paulo Cesar Paiva, Paulo Secchin Young, Carlos Alejandro Echeverría

Resumo


Entre as ilhas oceânicas da costa brasileira, o Atol das Rocas se destaca por ser o único atol do Atlântico Sul e a primeira Reserva Biológica Marinha da costa brasileira. O anel elíptico do atol (3,7 a 2,5km) apresenta uma laguna central circundada por um grande platô recifal composto principalmente de algas calcárias. Apesar de sua importância ecológica, a fauna de crustáceos e poliquetas do Atol das Rocas ainda é pouco conhecida, com apenas 34 e 17 espécies, respectivamente, registradas. Por essa razão, foi realizado um esforço integrado com o objetivo de avaliar a biodiversidade marinha deste Atol através de coletas em ambientes recifais e sedimentares. Os resultados deste esforço são aqui apresentados.

Palavras-chave


Atol das Rocas; Crustacea; Polychaeta; Ilhas Oceânicas; Brasil

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Arquivos do Museu Nacional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.