Sobre uma coluna vertebral de um titanossaurídeo (Dinosauria, Sauropoda) do grupo Bauru, Neocretáceo do Brasil

Diogenes de Almeida Campos, Alexander W. A. Kellner, Reinaldo J. Bertini, Rodrigo M. Santucci

Resumo


Um novo titanossaurídeo procedente dos depósitos continentais do grupo Bauru (Neocretáceo) é descrito. Trigonosaurus pricei n.gen., n.sp. é baseado em dois exemplares coletados na localidade Caieira na região de Peirópolis, Minas Gerais. O holótipo é composto das últimas cinco vértebras cervicais, 10 vértebras dorsais, seis sacrais e o ílio esquerdo (MCT 1488-R). O segundo exemplar (parátipo) é formado por 10 vértebras caudais que, de acordo com um mapa da escavação, foram encontradas isoladas, mas apresentam o mesmo padrão morfológico e um tamanho compatível, sendo, deste modo, consideradas como pertencentes a um mesmo indivíduo (MCT 1719-R). Trigonosaurus pricei é diagnosticado por uma combinação de caracteres tais como vértebras cervicais e dorsais médias alongadas, vértebras dorsais 9 e 10 com uma incipiente lâmina diapopós-zigapofisiária e processos transversos bem desenvolvidos por toda seqüência anterior e média da série caudal. A ocorrência deste novo táxon demonstra a existência de uma maior diversidade de titanosaurídeos no Brasil durante o período Cretáceo.

Palavras-chave


Dinosauria; Sauropoda; Titanosauria; Titanosauridae; Cretáceo; Brasil

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Arquivos do Museu Nacional

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.