Recapitulando uma disputa medieval: Boécio comentador de Porfírio e a Querela dos Universais.

Carlos Eduardo de Oliveira

Resumo


Segundo alguns intérpretes, Porfírio, no início de sua Isagoge, formula um problema que, “graças à Boécio, se tornará o principal problema lógico e metafísico da Idade Média ocidental”: a querela dos universais. Aqui pretendemos mostrar o quanto essas narrativas podem se afastar da compreensão que o próprio Boécio teve dos problemas propostos por Porfírio.

 

Abstract:

According to some interpreters, Porphyry introduces a dispute at the beginning of his Isagoge that, “thanks to Boethius, will become the main logical and metaphysical problem of Western Middle Ages”: The Problem of Universals. This article aims to show what could be the distance from their views and Boethius’s own perspective on Porphyry’s arguments.


Palavras-chave


Querela medieval dos universais; Boécio; Isagoge; Alexandre de Afrodísia

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Analytica. Revista de Filosofia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN 1414-3004, Qualis A2

Analytica. Revista de Filosofia é indexada pelo Philosopher's Index e pelo GeoDados.