Considerações sobre constitutivismo, fundacionismo e disposicionalismo referente à normatividade

Cristóvão Atílio Viero

Resumo


RESUMO
O problema principal deste trabalho é realizar algumas considerações sobre o problema filosófico da normatividade, tal como ele aparece na obra Wittgenstein on Rules and Private Language, de Saul Kripke (1982). Para tanto, breves considerações sobre o argumento e a resposta céticos do Wittgenstein de Kripke, associadas a considerações sobre fundacionismo e sobre questões constitutivas referentes à normatividade, serão realizadas. Ao final, o texto
discutirá brevemente perspectivas sobre como elementos que caracterizam a normatividade poderiam ser explicados
adotando-se a via disposicional.
Palavras-chave: Wittgenstein de Kripke; Fundacionismo; Constitutivismo; Disposicionalismo; Seguir-Regras.


ABSTRACT
The main problem of this work is to make some considerations about the philosophical problem of normativity, as it appears in Saul Kripke’s Wittgensensein on Rules and Private Language (1982). To that end, brief remarks on Kripke’s skeptical argument and skepticism, together with considerations of foundationalism and constitutive questions about normativity, will be made. In the end, the text will briefly discuss perspectives on how elements that characterize normativity could be explained by adopting the dispositional path.
Key-words: Kripke´s Wittgenstein; Constitutionalism; Foundationalism; Dispositionalism; Rule-Following.


Palavras-chave


Wittgenstein; Kripke; Fundacionismo; Constitutivismo; Disposicionalismo; Seguir-Regras.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Analytica. Revista de Filosofia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 1414-3004, Qualis A2

Analytica. Revista de Filosofia é indexada pelo Philosopher's Index e pelo GeoDados.