Juizos infinitos e determinação em Kant

Sílvia Altmann

Resumo


O objetivo desse artigo é apresentar uma sugestão de compreensão das diferenças e relações entre juízos afirmativos, negativos e infinitos segundo Kant e indicar em que medida tais relações podem contribuir para a compreensão do modo pelo qual a razão prática pode, indo além da razão teórica, alcançar alguma determinação do "eu" do ponto de vista numenal.

 

Abstract

We offer an interpretation of the differences and relations between affirmative, negative and infinite judgments according to Kant and suggest how these relations shed light in the way practical reason could, beyond theoretical reason, attain a determination of the "self" from the noumenal point of view.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35920/arf.2008.v12i1.31-42



Direitos autorais



ISSN 1414-3003, Qualis A2

Analytica. Revista de Filosofia é indexada pelo Philosopher's Index e pelo GeoDados.