O conceito de filosofia em Kant: uma tradução e um comentário

Adriano Perin, Joel Thiago Klein

Resumo


Este trabalho concentra as tarefas de tradução e de reconstrução e defesa do conceito de filosofia conforme esboçado por Kant em quatro fragmentos do período tardio do seu pensamento. A primeira parte consiste na tradução dos fragmentos com a referência paralela ao texto original alemão. A segunda parte apresenta o conceito de filosofia como antípoda do misticismo e como "doutrina da sabedoria". Chega-se a conclusão de que o conceito kantiano de filosofia é contraposto a uma concepção de filosofia que se funda numa intuição intelectual ou num sentimento, como o quer o misticismo, e, ainda, -- em divergência com a posição de Dieter Henrich -- que enquanto "doutrina da sabedoria" ele compreende tanto a filosofia teórica quanto a filosofia prática.

 

Abstract

The paper holds the tasks of translating as well as of reconstructing and arguing for the concept of philosophy as it is sketched by Kant in four fragments late in his life. Initially, the translation of the fragments in reference to the original German text is carried out. Secondly, the concept of philosophy as the antipode of mysticism and as "doctrine of wisdom" is presented. The conclusion reached is that the Kantian concept of philosophy is opposed to a concept of philosophy grounded upon intellectual intuition or feeling, as in mysticism, and, moreover, -- in disagreement with Dieter Henrich's position -- that as the "doctrine of wisdom" it embraces theoretical and practical philosophy.


Texto completo:

PDF




Direitos autorais



ISSN 1414-3003, Qualis A2

Analytica. Revista de Filosofia é indexada pelo Philosopher's Index e pelo GeoDados.