Hilemorfismo, essência e definição: acordos e desacordos do debate medieval

Rodrigo Guerizoli

Resumo


Abordarei neste texto certos aspectos da relação entre hilemorfismo, essência e definição em autores-chave dos séculos XIII e XIV. Dois são os traços daquela relação aos quais fundamentalmente me aterei: explorarei as possibilidades que marcam tentativas medievais de se enxergar na estrutura composta das definições um correlato da estrutura composta dos entes materiais; em seguida, buscarei analisar a discussão em torno a certas estratégias que pretenderam fixar o modo como a complexidade das definições se refere à complexidade dos compostos hilemórficos aos quais fazem referência.

 

Abstract:

In this text I would like to address some aspects of the relation between hylomorphism, essence, and definition among key authors of the 13th and 14thcenturies. There are two aspects of this relation which I will particularly address: I will explore, first, the possibilities that mark the medieval attempts to glimpse in the compound structure of the definitions a faithful correlate of the compound structure of material entities, and, next, I will seek to analyze the discussion regarding certain strategies that intend to fix the mode in which the complexity of definitions refers to the complexity of the hylomorphic compounds to which they make reference.

Recebido em 05/20103
Aprovado em 06/2013



Palavras-chave


Hilemorfismo; essência; definição; constituição material; pluralidade de formas substanciais; história da filosofia medieval;Hylomorphism; essence; definition; material constitution; plurality of substantial forms; history of medieval philosophy.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



ISSN 1414-3004, Qualis A2

Analytica. Revista de Filosofia é indexada pelo Philosopher's Index e pelo GeoDados.