O uso do termo e do dialeto caipira nos jornais do século XIX (1838 - 1884)

Diogo Tomaz Pereira

Resumo


O presente artigo tem como objetivos gerais a verificação do conceito das palavras e do dialeto caipira pesquisada nos jornais brasileiros que abrangem o período do século XIX, mais especificamente de 1838 (onde foi encontrada a primeira referencia ao caipira) a 1884. Os principais resultados encontrados são a forma como era tratado o caipira e a palavra em si, que poderia ter vários sentidos, como por exemplo, em piadas de mau gosto. E mostro também que havia aqueles que defendiam o caipira, o tratando em alguns casos como herói, mostrando que o caipira é o verdadeiro representante da nacionalidade brasileira, de um Brasil rural e atrasado no tempo.

Palavras-chave


Caipira, Dialeto caipira, Jornais do século XIX

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Amadeu, 1875-1929. O dialeto caipira: gramática, vocabulário. 4ª ed. São Paulo: Hucitec, Brasília: INL, 1981.

BANDEIRA, Pedro. Malasaventuras – safadezas do Malasarte. São Paulo: Moderna (Coleção Veredas), 1995.

CANDIDO, Antonio. Os parceiros do Rio Bonito: o estudo sobre o caipira paulista e a transformação dos seus meios de vida. 8ª ed. São Paulo: Duas cidades, 1964.

CASCUDO, Luiz da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro. 7ª ed. Belo Horizonte, Rio de Janeiro: Edusp, Ed. Itatiaia Ltda. Coleção Reconquista do Brasil, 2 série, v. 151.,1988.

CASTRO, Carolina do Carmo. Representações do Caipira na Cultura Popular. II Seminário de Pesquisa da Pós Graduação em História UFG/UCG. Artigo. p.16, 2009.

CUNHA, Antonio Geraldo da. Dicionário Histórico das palavras portuguesas de origem tupi. 3ª ed. São Paulo: Melhoramentos: EDUSP, 1989.

Dicionário Online Priberam de língua portuguesa.

OLIVEIRA, Lucia Lippi. Do Caipira Picando Fumo a Chitãozinho e Xororó, ou da roça ao rodeio. Revista USP, São Paulo, n.59, p. 232-257, nov. 2003.

PIRES, Cornélio. Conversas ao pé do fogo. 2ª ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, Edição fac-similar, 1987.

_____________. Musa Caipira. São Paulo, Livraria Magalhães, 1910.

Revista Ars Historica, ISSN 2178-244X, nº 7, Jan/Jul 2014, p. 1-11. | www.historia.ufrj.br/~ars/ 11

_____________. As Estrambóticas Aventuras do Joaquim Bentinho (O Queima Campo). São Paulo: Imprensa Metodista, 1924.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem à província de São Paulo. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia; São Paulo: Ed. da Univ. São Paulo, 1976.

WILLIANS, Raymond. O campo e a cidade: na história e na literatura. São Paulo: Companhia de Bolso, 2003.

REFERÊNCIA DAS IMAGENS

Imagem 1 - JÚNIOR, José Ferraz de Almeida. Amolação interrompida 1894, óleo sobre tela, 200 x 140 cm. São Paulo: Museu Paulista.

Imagem 2 - JÚNIOR, José Ferraz de Almeida. Caipira picando fumo. 1893, óleo sobre tela, 202 x 141 cm. São Paulo: Museu Paulista.

PERIÓDICOS PESQUISADOS

A Phenix de 30/05/1838

Correio Paulistano de 03/03/1858

Correio Paulistano de 11/07/1854

Correio Paulistano de 15/05/1854

Correio Paulistano de 19/02/1862

Diário do Brazil de 16/08/1881

O Paiz (RJ) de 21/10/1884

O Sete d’ Abril de 01/03/1834


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com