O INÍCIO DA TRAJETÓRIA POLÍTICA DE LEONEL BRIZOLA NO RIO DE JANEIRO: A CAMPANHA ELEITORAL PARA DEPUTADO FEDERAL NA GUANABARA (1932)

Graziane Ortiz Righi

Resumo


No início da década de 1960, um dos mais emblemáticos políticos do cenário brasileiro mudava seu local de atuação: Leonel de Moura Brizola partia do seu estado natal, o Rio Grande do Sul, rumo à Guanabara para disputar o cargo de deputado federal pelo novo estado. Embora Brizola tenha obtido a maior votação da época, este período é pouco estudado, assim pretendemos aprofundar essa temática. Neste artigo apresentaremos a campanha eleitoral de Brizola em 1962. Este período foi marcado por intensa mobilização política e social, sendo barrado pelo golpe civil-militar de 1° de abril de 1964. Tornando este contexto ainda mais pertinente para análise.

Palavras-chave


Leonel Brizola; Campanha Eleitoral; Pré-Golpe;

Texto completo:

PDF

Referências


Referência de Livros:

D‟ARAÚJO, Maria Celina. Sindicatos, carisma e poder: O PTB de 1945-65. Rio de Janeiro:

Editora FGV, 1996.

DELGADO, Lucilia de Almeida Neves. PTB: do getulismo ao reformismo (1945-964). São

Paulo: Marco Zero, 1989.

DREIFUSS, René Armand. 1964: A conquista do Estado. 3 ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1981.

LOPES, Guilherme Esteves Galvão. As eleições de 1962 na Guanabara: a consolidação de

Brizola no cenário político nacional. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso História)

– Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro: 2013.

MIRANDA, Samir Perrone. Projeto de desenvolvimento e encampações no discurso do

governo Leonel Brizola: Rio Grande do Sul (1959-1963). Dissertação (Mestrado em Ciência

Política) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

MOTTA, Marly Silva da. Rio de Janeiro: de cidade-capital a Estado da Guanabara. Rio de

Janeiro: Editora FGV, 2001.

MOTTA, Marly Silva da, FREIRE, Américo, SARMENTO, Carlos Eduardo. A política

carioca em quatro tempos. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.

SARMENTO, Carlos Eduardo. O espelho partido da metrópole: Chagas Freitas e o campo

político carioca (1950-1983): liderança, voto e estruturas clientelistas. Rio de Janeiro: Folha

Seca: FAPERJ, 2008.

TALARICO, José Gomes. José Gomes Talarico I (depoimento, 1978/1979). Rio de Janeiro,

CPDOC, 1982.

VERSIANI, Maria Helena. Padrões e práticas na política carioca: os deputados federais

eleitos pela Guanabara em 1962 e 1970. Dissertação (Mestrado em História). Universidade

Federal do Rio de Janeiro, 2007.

Referência de capítulos de Livros:

FERREIRA, Jorge. O governo João Goulart e o golpe civil-militar de 1964 In: __________,

DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Orgs.). O tempo da experiência democrática: da

democratização de 1945 ao golpe civil-militar de 1964. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,

(O Brasil Republicano; v.3).

FERREIRA, Marieta de Moraes. Do Rio Grande do Sul à Guanabara In: _______ (Org). A

força do povo: Brizola e o Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Alerj, CPDOC/FGV, 2008.

MOTTA, Marly Silva da. Guanabara, o estado-capital In: FERREIRA, Marieta (coord.). Rio

de Janeiro: uma cidade na história. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2000.

Referência de artigo em periódico:

HARRES, Marluza Marques. Rio Grande do Sul: governo Leonel Brizola e a questão agrária

no início da década de 1960. In: Anos 90: Revista de Programa de Pós-Graduação em

História/UFRGS, IFCH. Porto Alegre, v. 18, n. 33, p. 99-127, jul. 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com