RELAÇÕES ENTRE ARTE, MODA E IMAGEM: O MUSEU COMO TERRITÓRIO DE INVENÇÃO

Renata Fratton Noronha

Resumo


A partir da compreensão da moda como imagem, este artigo busca refletir sobre as aproximações entre arte e moda dentro do espaço do museu. Iniciativas recentes como a performance “Eternity Dress” (2013), concebida por Olivier Saillard, diretor do Museu Galliera, com atuação da atriz britânica Tilda Swinton, e o desfile apresentado pela dupla holandesa Viktor&Rolf durante a temporada outono inverno de alta-costura de 2015, intitulado “Wereable Art”, tomaram o espaço museológico como espaço de ação, de apresentação, fazendo refletir sobre a memória das imagens que utilizam o corpo e seu gestual como suporte.

Palavras-chave


Moda; imagem; arte;

Texto completo:

PDF

Referências


Livros

BARTHES, Roland. Inéditos vol. 3 – imagem e moda. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BENJAMIN. Walter. Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da

DIDI-HUBERMAN, George. Ante el tiempo. Historia dela arte y anacronismo de las imagens. Trad Antonio

Oviedo. Madrid,Ed. Adriana Hidalgo, 2011, p. 45.

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do efêmero. Trad. Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia de bolso,

, p. 319.

cultura. Obras escolhidas. Volume I. São Paulo: Brasiliense, 2011.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social, classe gênero e identidade das roupas. Trad.

Cristina Coimbra. São Paulo: Senac, 2009.

______. Ensaios sobre moda, arte e globalização cultural. Org. Maria Lucia Bueno. São

Paulo: Senac, 2011.

DIDI-HUBERMAN, George. Ante el tiempo. Historia dela arte y anacronismo de las imagens.

Trad Antonio Oviedo.Madrid,Ed. Adriana Hidalgo, 2011.

______. O que vemos, o que nos olha. Trad. Paulo Neves. São Paulo. Editora 34, 2014.

EVANS, Caroline. O espetáculo encantado. Fashion Theory. São Paulo. Vol 1, no 2, jun.,

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do efêmero. Trad. Maria Lúcia Machado. São Paulo:

Companhia de bolso, 2009.

ROCHE, Daniel. La culture des apparences. Une histoire du vêtement. (XVIIe-XVIIIe

siècle). Paris: Fayard, 1989.

SVENDSEN, Lars. Moda: uma filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

WAQUET, Dominique. LAPORTE, Marion. La mode. Paris: PUF, 2010.

TROY, Nancy. Couture Culture. A Study in modern art and fashion. The MIT press.

Massachustes, 2003.

ZOLA, Émile La curée. Paris: Hatier, 2011.

Capítulos de livros

BOURDIEU, Pierre. O costureiro e sua grife: contribuição para uma teoria da magia. In:

BOURIDEU, Pierre DELSAUT, Yvette. A produção da crença: contribuição para uma

economia dos bens simbólicos. São Paulo: Zouk, 2002.

MARIN, Louis. Ler um quadro. Uma carta de Poussin em 1639. In.: Práticas de Leitura. Org.

Roger Chartier. São Paulo: Estação Liberdade, 1996.

Artigos em periódicos

SAPHIRO. Roberta. Que é artificação? Sociedade e Estado, Brasília, v. 22, no 1, pp.135-151,

jan/abr. 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com