O MOVIMENTO OPERÁRIO ENTRE A REFORMA E A REVOLUÇÃO: DEBATES NO PRIMEIRO CONGRESSO OPERÁRIO BRASILEIRO (1906)

Maurício Moroso Knevitz

Resumo


O presente trabalho pretende analisar os debates ocorridos durante o Primeiro Congresso Operário Brasileiro, a partir dos quais notamos a presença de duas forças que disputavam o movimento operário: de um lado, os reformistas, que propunham o envolvimento do operariado na política institucional e a consolidação das conquistas obtidas pelo movimento operário por meio de leis; do outro, os anarquistas, que negavam a política institucional e propunham métodos de ação direta. Esses debates nos permitem ter uma visão geral dessas duas propostas em disputa, fornecendo bases para compreender as duas principais correntes presentes no movimento operário brasileiro da Primeira República.

Palavras-chave


Primeiro Congresso Operário Brasileiro, movimento operário, sindicalismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com