1876: OS PRIMEIROS PASSOS DA ORGANIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA PAULISTA

Clarice Garcia Barbosa

Resumo


A partir das informações recolhidas das edições do jornal A Província de São Paulo, de 1876, e do manuscrito do líder do movimento dos padeiros, João de Mattos, o presente estudo trata do limiar da organização das associações de trabalhadores urbanos paulistas. Portanto, este trabalho investiga o que motivou a criação dessas associações e quais eram as suas demandas. Também busca verificar se a defesa da abolição da escravatura fazia parte das reivindicações dos trabalhadores recém-organizados e, em caso afirmativo, se essas reivindicações eram gerais ou se estavam restritas aos trabalhadores que compartilhavam com os escravizados o mesmo local de trabalho e as mesmas condições de vida.

Palavras-chave


São Paulo, século XIX, trabalhadores livres.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Ars Historica - Instituto de História – Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Largo de São Francisco de Paula, no 1, Sala 205 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil, CEP 30051-070.

Redes sociais:

  • https://www.facebook.com/RevistaArsHistorica
  • https://www.instagram.com/revistaarshistorica/

Contato:

  • revistaarshistorica@gmail.com