A escola precisa conversar com a cidade

Paula Uglione, Giselle Arteiro Azevedo

Resumo


A arquitetura escolar deve ser compreendida como elemento auxiliar na formação da
aprendizagem e do conhecimento, pois a escola não é apenas o prédio que abriga os sujeitos
envolvidos na ação educativa, mas é, por si, um espaço com funcionalidades educativas. A
ressignificação da escola, um tema tão discutido no atual contexto educacional, ganha outra
dimensão quando incorpora outras dimensões de análise e solução dos conflitos. Um outro
olhar sobre o equipamento arquitetônico, o prédio, o pátio, a circulação de ar, os espaços de
convivência, dimensões que podem nos ajudar a pensar a escola e, principalmente, a integração
da escola com o espaço e as pessoas em seu redor, com a cidade e seus múltiplos territórios.
Palavras-chave: arquitetura escolar, território educativo, pátio escolar, qualidade da educação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 DESIDADES - Revista Eletrônica de Divulgação Científica da Infância e Juventude

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

NIPIAC / Instituto de Psicologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Av. Pasteur, 250 -- Urca, Rio de Janeiro - RJ, Brasil | CEP 22.290-902
+55 (21) 2295-3208 / +55 (21) 3839-5328