Imagem para capa

Manoel de Barros e o gorjeio azul da palavra pousada na infância: o transver em Menino do mato

Rafael Mendes

Resumo


___

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Casimiro José Marques de. As primaveras. São Paulo: Martins e Instituto Nacional do Livro, 1972.

BARROS, Manoel de. Poesia completa. São Paulo: Leya, 2010.

BARROS, Martha. “Com o poeta Manoel de Barros”. In: BARROS, Manoel de. Gramática expositiva do chão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1990.

CEZAR, Pedro. Só dez por cento é mentira. 2010. (documentário)

SOUZA, Elton Luiz Leite de. Manoel de Barros: a poética do deslimite. Rio de Janeiro: 7Letras, 2010.




DOI: https://doi.org/10.35520/flbc.2011.v3n6a17187

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 A revista Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea utiliza Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

Google Scholar  Diadroim Base   DRJI  Livre     PKP Index ErihPlus Latindex