Imagem para capa

Silêncio que transborda: a prosa de João Anzanello Carrascoza

Dinair de Fonte Silva

Resumo


O presente trabalho aborda a coletânea de contos O volume do silêncio, na qual se percebe que é no silêncio que João Anzanello Carrascoza encontra sua criatividade. O autor procura aproximar sua prosa da poesia, mediante a construção de imagens tocantes e a utilização de metáforas iluminadoras. Assim, consegue dissecar, com habilidade e delicadeza, sentimentos que podem surgir em qualquer momento da vida.

Palavras-chave


João Anzanello Carrascoza; literatura; prosa; poesia

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Manoel de. Poesia completa. São Paulo: Leya, 2010.

BLANCHOT, Maurice. “O mito de Mallarmé”. In:______. A parte do fogo. Rio de Janeiro: Rocco, 2011, pp. 35-49.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.

CARNEIRO, Flávio. No país do presente: ficção brasileira no início do século XXI. Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

CARRASCOZA, João Anzanello. O volume do silêncio. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

______. “João Anzanello Carrascoza – entre belezas doídas, reparos profundos e assombros perturbadores”. Entrevista concedida a Márcio Vassalo em 15 de setembro de 2010. Disponível em http://agenciariff.com.br/Site/NoticiaEntrevista/ShowEntrevista/15. Acesso em 25 de setembro de 2018.

______. Entrevista concedida ao programa de rádio Letras & Leituras em 27 de abril de 2013. Disponível em: http://letraseleituras.com.br/quemsomos.php. Acesso em 1 de junho de 2013.

______. “O silêncio é a linguagem perfeita”. Entrevista concedida a Ricardo Ballarine em 1 de outubro de 2014. Disponível em https://capitulodois.com/2014/10/01/joao-anzanello-carrascoza-o-silencio-e-a-linguagem-perfeita. Acesso em 25 de setembro de 2018.

______. “Miudezas poéticas”. Entrevista concedida a Márwio Câmara para a Gazeta do Povo em fevereiro de 2015. Disponível em http://rascunho.gazetadopovo.com.br/navegacao-sem-rumo/. Acesso em 25 de setembro de 2018.

CONDE, Miguel. “A escrita comovida de João Anzanello Carrascoza”. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, no 34, 2009. Disponível em http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/3410.pdf. Acesso em 10 de outubro de 2018.

FERREIRA, João Batista. “Palavras do silêncio”. Cadernos de Psicanálise (CPRJ). Rio de Janeiro, v. 31, no 22, 2009, pp. 13-36.

OLIVEIRA, Nelson de. O século oculto e outros sonhos provocados: crônicas passionais. São Paulo: Escrituras, 2002.

______. “Posfácio”. In: CARRASCOZA, João Anzanello. O volume do silêncio. São Paulo: Cosac Naif, 2006.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. Campinas: Editora Unicamp, 2007.

PAZ, Octavio. “Verso e prosa”. In: ______. Signos em rotação. Rio de Janeiro: Perspectiva, 2012.

RUFFATO, Luiz. “Orelha”. In: CARRASCOZA, João Anzanello. Duas tardes. Rio de Janeiro: Boitempo, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 A revista Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea utiliza Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


INDEXADORES

Google Scholar  Diadroim Base   DRJI  Livre