Imagem para capa

Memórias de família: a construção da identidade e a ausência paterna em Azul corvo, de Adriana Lisboa, Mar azul, de Paloma Vidal, e O inventário das coisas ausentes, de Carola Saavedra

Patricia Mariz da Cruz

Resumo


Os romances Azul corvo (2010), de Adriana Lisboa, Mar azul (2012), de Paloma Vidal, e O inventário das coisas ausentes (2014), de Carola Saavedra, possuem em comum protagonistas femininas que, em meio à experiência no exílio, buscam a compreensão de si. Em um ambiente hostil e inseguro, a nova cultura desperta nelas a necessidade da volta ao passado e do conhecimento de suas identidades. Este, no entanto, somente se torna possível quando se possui o entendimento da história familiar, a qual é atravessada por traumas e rupturas. Com pais estranhos, sendo eles ausentes ou desconhecidos, as personagens procuram, nos poucos momentos de partilha, aos quais foram testemunhados pelo mar, os vestígios de memória que tornam possível o esclarecimento da composição de suas alteridades. Assim, este trabalho possui como objetivo a reflexão de temáticas como estrangeiridade, construção identitária e ausência paterna, sob a luz de teóricos como Edward Said, Julia Kristeva e Stuart Hall. Tais temas, que se descortinam e se entrelaçam nas narrativas, demostram ser relevantes,  pois também refletem e problematizam o indivíduo contemporâneo.


Palavras-chave


estrangeiridade; história familiar; ausência paterna; identidade

Texto completo:

PDF

Referências


CHIARELLI, Stefania. “Forasteiras – a prosa de Adriana Lisboa e Paloma Vidal”. In: DAFLON, Claudete; DEMETRIO, Matildes & GABERO, Maria Fernanda (orgs.). Agentes do contemporâneo. Niterói: EdUFF, 2017, pp. 159-70.

FIGUEIREDO, Eurídice. “A narrativa de filiação de escritores judeus brasileiros”. In: CHIARELLI, Stefania & OLIVEIRA NETO, Godofredo de (orgs.). Falando com estranhos: o estrangeiro e a literatura brasileira. Rio de Janeiro: 7Letras, 2016, pp. 81-90.

FREUD, Sigmund. “O aparelho psíquico”. In: ______. Compêndio da psicanálise. Tradução de Renato Zwick. Porto Alegre: L&PM, 2014, pp. 43-48.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2011.

KRISTEVA, Julia. Estrangeiros para nós mesmos. Tradução de Maria Carlota Carvalho Gomes. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

LISBOA, Adriana. Azul-corvo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2010.

SAAVEDRA, Carola. O inventário das coisas ausentes. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

SAID, Edward. Reflexões sobre o exílio e outros ensaios. Tradução de Pedro Maia Soares. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

SANTIAGO, Silviano. “O entre-lugar do discurso latino-americano”. In: ______. Uma literatura nos trópicos: ensaios sobre a dependência cultural. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

VIDAL, Paloma. Mar azul. Rio de Janeiro: Rocco, 2012.




DOI: https://doi.org/10.35520/flbc.2019.v11n22a24676

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 A revista Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea utiliza Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

Google Scholar  Diadroim Base   DRJI  Livre     PKP Index ErihPlus Latindex