A POLITEÍA PLATÔNICA E O DEUS CEGO: RIQUEZA E FELICIDADE

Luiza Fernandes Valdez

Resumo


Dentro da Tradição Clássica, é possível perceber pontes, influências e críticas entre autores e gêneros textuais e nesse trabalho em particular, discutiremos a influência que a peça Ploûtos, de Aristófanes, pode ter tido sobre Platão e sua filosofia. O objetivo não parece ser de forma alguma a crítica entre autores, e sim uma continuação e um aprofundamento filosófico no assunto que o riso trouxe à tona, já que os dois estão sim criticando algo, que é a pólis ateniense na qual vivem. Não é possível afirmar com total segurança que essa influência ocorre, mas o objetivo é justamente, através da análise dos textos e de seu conteúdo, encontrar e demonstrar pontos de convergência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista GAÎA