BARDO THÖDOL ─ O LIVRO DOS MORTOS TIBETANO

Luana de Almeida Telles

Resumo


Este artigo apresenta a concepção da morte dentro da cultura tibetana da escola budista Mahayãna, apresentando os processos descritos no pós-morte pela leitura da obra “O Livro Tibetano dos Mortos”, o Bardo Thödol. O foco principal do trabalho é apresentar o processo pelo qual o morto passa no bardo e seu processo de transcendência.  A morte no budismo tibetano também é uma oportunidade para a libertação da ignorância, se em vida o indivíduo aprender – e meditar – acerca do momento de confrontação com a morte e suas manifestações, ele poderá ter uma visão mais fluída e natural da morte.


Palavras-chave


Morte; Bardo Thödol; Rituais de Morte; Budismo Tibetano; Livro dos Mortos Tibetano

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista GAÎA