MORRER E TORNAR-SE IMORTAL: HÉRACLES E AS REPRESENTAÇÕES ICONOGRÁFICAS NA CERÂMICA GREGA ENTRE OS SÉCULOS VI E IV A.C.

Paulo Henrique Pagliarelli dos Reis

Resumo


O presente texto busca discutir a figura mitológica do herói grego Héracles por meio
de representações do ciclo de morte e apoteose em vasos cerâmicos áticos entre
os séculos VI a. C e IV a. C. Serão discutidas especificamente as cenas iconográficas da busca do cão Cérbero no mundo dos mortos e a introdução do herói ao Olimpo conduzida pelos deuses. A pesquisa apresenta os principais resultados da descrição e análise iconográfica da cerâmica grega e de tradição grega, relacionando a leitura da cultura material à documentação textual. O principal objetivo é refletir sobre as relações entre a cultura visual e as concepções de morte e do morrer na religião grega antiga a partir de seu aspecto pan-helênico.


Palavras-chave


Héracles; Cerâmica Grega; Cérbero; Apoteose; Cultura visual

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista GAÎA