AS REPRESENTAÇÕES LITERÁRIAS DOS ESPETÁCULOS NO ANFITEATRO FLÁVIO A PARTIR DOS EPIGRAMAS DE MARCIAL (SÉCULO I D.C)

Autores

  • Bruna Kaline Souza Leal Universidade de Pernambuco, Campus-UPE

Palavras-chave:

Marcial, Epigramas, Representações, Espetáculos, Roma.

Resumo

Este artigo propõe analisar, a partir dos epigramas do poeta latino Marco Valério Marcial, as representações poéticas dos espetáculos romanos no Anfiteatro Flávio, atribuído à dinastia Flaviana, recorte temporal deste estudo. Entendemos que a análise dos epigramas é relevante, já que estes oferecem elementos sobre o cotidiano dos espetáculos e a sua dinâmica. Resta dizer que os jogos constituíram um elemento social, cultural e político e estavam interligados aos diferentes grupos sociais da época. Utilizamos, então, os epigramas de Marcial para investigar as representações acerca dos espetáculos e a sua recepção entre as camadas sociais. Buscamos também, construir uma tipologia dos jogos, procurando compreender a sua logística de organização e por fim, investigamos as alusões à mitografia na linguagem dos epigramas sobre os espetáculos.

Referências

Fontes:

MARCIAL, Marco Valério. Marcial Epigramas-Vol. I. Trad. Delfim Ferreira Leão, José Luís Brandão, Paulo Sérgio Ferreira e Cristina de Sousa Pimentel. 1.ed. Lisboa: Editora Edições 70, 2000.

MARZIALE, Marco Valerio. Epigrammi. Turim: Editora UTET

MARTIALIS, Marcus Valerius. Martial Epigrams- Vol. I. Trad. D.R. Shackleton Bailey. London, England: Editora LOEB Classical Library, 1993.

MARCIAL, Marco Valério. O Livro dos Espetáculos. Trad. João Angelo Oliva Neto; Fábio Paifer Cairolli. São Paulo: Assimetria Editora, 2018.

Referências Bibliográficas:

BAILEY, D. R Shackleton. Introduction. In: Epigrams Martial. London, England: LOEB Classical Library, 1993.

BEARD, Mary. SPQR: uma História da Roma Antiga. São Paulo: Planeta, 2017.

CASSON, Lionel. Bibliotecas no Mundo Antigo. Trad. Cristina Antunes. 1. ed. São Paulo: Editora Vestígio, 2018.

CHARTIER, Roger. A História Cultural: Entre práticas e representações. Trad. Maria Manoela Galhardo. 2. ed. DIFEL, 2002.

CLARIDGE, Amanda. Rome: An Oxford Archaeological Guide. London: Oxford University Press, 2010.

CESILA, Robson Tadeu. Epigramas: Catulo e Marcial. Campinas, SP: Editora Unicamp; Editora Universidade Federal do Paraná, 2017.

DI MESQUITA, Fabrício Dias Gusmão. Cartas de Sêneca a Lucílio e as Metáforas do Teatro: uma Análise das Representações do Tempo Estóico Romano no Séc. I. d.C. Dissertação de Mestrado. PPGH UFG, Goiânia, 2020.

FARIA, Ernesto (org.). Dicionário Escolar Latino Português. Rio de Janeiro: Artes Gráficas Gomes de Souza, 1962.

GARRAFFONI, Renata Senna; FUNARI, Pedro Paulo A. Morte e Vida na Arena Romana: A Contribuição da Teoria Social Contemporânea. Revista de História e Estudos Culturais, Rio de Janeiro, v. 4, n. 1, p. 2-10, jan/fev/ marc. 2007.

GARRAFONI, Renata Senna. Gladiadores na Roma Antiga: dos Combates às Paixões Cotidianas. São Paulo: Fapesp Annablume, 2005.

GRIMAL, Pierre. Dicionário da mitologia grega e romana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2014.

GUARINELLO, Norberto Luiz. “Festa, trabalho e cotidiano”. “Capítulo 13” In:

. Festa: Cultura e Sociabilidade na América Portuguesa. Vol. II. São Paulo: Editora Edusp, 2001.

GUIMARÃES NETO, Regina Beatriz. Historiografia, Diversidade e História Oral: questões metodológicas. In: LAVERDI, R. et. Al. História, diversidade, desigualdade. Santa Catarina: UFSC, Recife: UFPE, 2011.

GRIMAL, Pierre. Dicionário da Mitologia Grega e Romana. Trad. Victor Jabouille 5ªed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005. 616p.

MARK, Joshua J. Female Gladiators In Ancient Rome. Ancient History: Encicopledia, 2018. Disponível em: https://www.ancient.eu/…/35/female- gladiators-in-ancient-r…/>. Acesso em: 03/10/2019.

OLIVA NETO, João Ângelo; CAIROLLI, Fábio Paifer. ‘Introdução e Notas’ In: MARCIAL, Marco Valério. O Livro dos Espetáculos. Trad. João Angelo Oliva Neto; Fábio Paifer Cairolli. São Paulo: Assimetria Editora, 2018.

POMA, Mauro. Not just lions in the Colosseum. Ancient World Magazine. Jun, 2020.

NETO, Belchior Monteiro Lima. Damnatio ad bestias nos anfiteatros norte-africanos: o mosaico da Villa de Zliten como representação da dicotomia cidade/ hinterland na Tripolitânia romana. In: BAPTISTA, Natan Henrique Taveira (org). L.U.D.U.S: poesia, esporte, educação. Vitória: PPGL, 2018. p. 37-52.

PIMENTEL, Cristina de Souza. “Introdução e Notas”. In: MARCIAL, Marco Valério. Marcial Epigramas-Vol. I. Trad. Delfim Ferreira Leão, José Luís Brandão, Paulo Sérgio Ferreira e Cristina de Sousa Pimentel. 1.ed. Lisboa: Editora Edições 70, 2000.

POMA, Mauro. Not just lions in the Colosseum. Ancient World Magazine. Jun, 2020.

PIMENTEL, Souza Cristina. Introdução. In: Marcial Epigramas. 1.ed. Lisboa: Editora Edições 70, 2000.

SOLDEVILA, Rosario Moreno. Introdução. In: Epigramas: Marco Valério Marcial. Madrid: Editora Consejo Superior de Ivestigaciones Científicas, 2004.

VEYNE, Paul. O Império Greco-Romano. Trad. Marisa Rocha Motta. 1.ed. Rio de Janeiro: Editora Elsevier, 2008.

VEYNE, PAUL. Pão e Circo: sociologia histórica de um pluralismo político. Trad. Lineimar Pereira Martins. 1.ed. São Paulo: Editora Unesp, 2015.

Downloads

Publicado

2022-12-01

Edição

Seção

Artigos