O cálculo diferencial como ficção: aproximações entre literatura e matemática

Maribel Barbosa da Cunha

Resumo


Este artigo se propõe a realizar um estudo envolvendo literatura e matemática. Para estabelecer essa aproximação, elegeu-se como corpus de análise algumas personagens do romance O filho de mil homens (2012), do escritor português Valter Hugo Mãe; e a matemática do Cálculo diferencial proposta por Leibniz. Assim, este trabalho tem por objetivos: (I) realizar uma breve leitura do romance O filho de mil homens (2012); (II) investigar a ficção no cálculo diferencial; e (III) reforçar a manifestação ficcional na literatura e na matemática. Sendo assim, este trabalho apresentar-se-á como uma intervenção que transita pelos campos evocados no conjunto da expressão: {artes  literatura + filosofia  matemática}.


Palavras-chave: O filho de mil homens (2012). Ficção. Cálculo diferencial.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.